Publicidade

Posts com a Tag New Orleans Saints

terça-feira, 11 de janeiro de 2011 NFL - Futebol Americano | 19:12

O QUE MAIS CHAMOU A ATENÇÃO NA PRIMEIRA RODADA DOS PLAYOFFS DA NFL

Compartilhe: Twitter

Uau! Mais um ano de playoffs da NFL e mais um ano de jogos emocionantes.  Isso nunca fica chato.  É impressionante.  A primeira rodada começou com o “pé direito.” Grandes surpresas, jogadas inusitadas e 3 partidas que foram decidas no finalzinho do quarto período.  Vamos dar uma olhada no que mais impressionou nos quatro jogos da rodada.

Seattle Seahawks 41, New Orleans Saints 36


Tudo!  Exatamente, tudo.  O jogo foi 60 minutos de pura surpresa.  Nenhum analista que acompanhou a temporada da NFL, apostou nos Seahawks.  Não tinha como. New Orleans era muito superior.  Mas, porém, contudo, entretanto e todavia OS SEAHAWKS VENCERAM.  Incrível.  Os Saints tinham cedido 13 touchdowns aéreos durante a temporada inteira. Matt Hasselback lançou para 4.  Os Seahawks não tiveram um corredor passar da marca das 100 jardas em 2010.  Marshawn Lynch correu para 131 e anotou a corrida, para touchdown, mais longa da história dos Seahawks nos playoffs (67 jardas).  Não há dúvida que New Orleans sentiu a ausência do safety Malcom Jenkins.  Jenkins foi o melhor jogador da secundária dos Saints esse ano, e Matt Hasselback aproveitou sua ausência e queimou New Orleans com vários passes profundos.  Os Seahawks se tornaram o primeiro time a vencer um jogo de playoffs depois de ter uma campanha negativa (7 e 9) durante a temporada regular. 

Green Bay Packers 21, Philadelphia Eagles  16.


A verdade é que eu não fiquei surpreso com nada que aconteceu nesse jogo.  Eu, sinceramente, acreditava numa vitória dos Packers e numa boa performance defensiva de GB.  Eu vejo nesse time de Green Bay, traços do Pittsburgh Steelers de 2005.  Naquele ano, os Steelers se tornaram o primeiro cabeça de chave número 6 a vencer um Super Bowl.  Pittsburgh usou uma defesa sufocante e um ataque eficiente pra ganhar o título.  Acredito que Green Bay tenha a mesma chance em 2010.

A defesa está em fase excepcional.  Michael Vick correu para apenas 33 jardas.  Quando Vick corre, Philadelphia vai bem.  Caso contrário, o ataque sofre.  Os Packers estão confundindo os adversários com várias formações de blitz e a secundária está marcando muitooooo.  O Atlanta Falcons que se cuide.

[atualizando: James Starks foi a surpresa do jogo para o ataque dos Packers.  O calouro (selecionando na sexta rodada) correu para mais de 120 jardas e foi um fator crucial para o sucesso do ataque]

Baltimore Ravens 30, Kansas City Chiefs 7


O profissionalismo, a raça e o jeito que o Baltimore Ravens joga fora de casa nos playoffs, me impressionam.  Baltimore simplesmente demoliu o Kansas City Chiefs.  Eu comparo os Ravens com uma jiboia-constritora.  A constritora, é uma cobra que se enrola na presa e aos poucos vai apertando sua vitima até ela perder o ar e morrer asfixiada.  Os Ravens fazem a mesma coisa.

O time, não tem um quarterback que lance para 400 jardas ou um Wide Receiver que receba 8 passes para 200 jardas.  O ataque não é dos mais dinâmicos, nem o mais bonito de assistir.  Mesmo assim, ele dá resultados.  A defesa, vai chupando a vida dos adversários com seu poder de intimidação e habilidade de conseguir turnovers.  Os Chiefs sofreram 5 turnovers depois de cometerem apenas 14 durante a temporada regular.  Isso poderia ser surpreendente, mas não é.  Os Ravens crescem nos playoffs, e não se intimidam com ninguém.

New York Jets 17, Indianapolis Colts 16.


Eu sei que o Darrelle Revis é bom.  Na verdade, ele é o melhor cornerback da NFL.  Mas…uma recepção para uma jarda de um jogador que agarrou 111 bolas na temporada é difícil de engolir.  Hello, Reggie Wayne.  Aonde que o senhor estava no último sábado??  Com o seu principal alvo sumido do jogo e Dallas Clark e Austin Collie machucados, Peyton Manning teve poucas opções no jogo aéreo.  Pierre Garçon jogou bem, servindo o único TD dos Colts.  Fora ele, Peyton teve que contar com os serviços de Jacob Tamme e Blair White.  Aí fica difícil.  Os Jets têm uma defesa excepcional e Peyton e cia. simplesmente não tiverem o poder ofensivo pra vencer a partida.  E por falar em poder ofensivo, NYJ também não assusta ninguém.  Os Jets conseguiram a campanha da vitória nos últimos segundos e Mark Sanchez fez um passe crucial para posicionar o kicker Nick Folk para o field goal decisivo.  Mesmo assim, Sanchez errou muitos passes, tomou decisões equivocadas e simplesmente não jogou muito bem.  Se NYJ quiser sonhar com uma vitória na próxima rodada contra os Patriots em Foxboro, Mark Sanchez terá de melhorar e muito.

O que acham???  Quem foi o jogador da rodada?  Qual foi seu jogo favorito?  Quero ouvir sua análise.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011 NFL - Futebol Americano | 20:40

PRÉVIA DA PRIMEIRA RODADA DOS PLAYOFFS DA NFL

Compartilhe: Twitter

Os playoffs estão chegando.  Não há nada mais empolgante do que a pós-temporada da NFL, e nesse fim de semana teremos 4 jogos na primeira rodada do torneio.  Está na hora de analisar cada partida.

Seahawks 7-9  x Saints 11-5 , Qwest Field em Seattle.


Pela primeira vez na história da NFL, um time com mais derrotas do que vitórias vence sua divisão (os Browns em 1985 e Chargers em 2008 venceram suas respectivas divisões com 8 vitórias e 8 derrotas).  Seattle perdeu 7 dos últimos 10 jogos, mas mesmo assim conseguiu a classificação depois de vencer o St.Louis Rams no último domingo.  Charlie Whitehurst foi o QB titular substituindo Matt Hasselback, que estava machucado.  A boa notícia é que Hasselback estará de volta para o jogo de sábado.  Eu sei que ele lançou 12 TDs e 17 interceptações nesse temporada.  Mesmo assim, ele tem mais experiência que Charlie boy e dá ao Seattle a melhor chance de vitória.

Os Saints vão pra partida com alguns problemas.  Os dois melhores runningbacks do time, Chris Ivory e Pierre Thomas, não jogam mais esse ano.  Isso vai colocar mais pressão nos ombros do QB Drew Brees.  Os Saints venceram o Super Bowl no ano passado com um ataque equilibrado.  Sem esses dois jogadores, tudo indica que New Orleans vai ter que depender bem mais do passe e isso pode comprometer o ataque.  Eu acreditava que New Orleans poderia repetir o feito do ano passado com um Pierre Thomas saudável.  Sem ele, eu fico bem mais pessimista.

Os Saints não devem ter problemas com o Seattle Seahawks.  A defesa de Seattle é uma das 6 piores da NFL, e o ataque não é muito melhor.  New Orleans possui uma secundária fortíssima com Jabari Greer, Tracey Porter, Roman Harper e Malcom Jenkins e eu não vejo o ataque aéreo do Seattle fazendo alguma coisa. Pra ter alguma chance, acredito que Seattle terá de estabelecer o jogo terrestre e controlar o relógio.  O problema é que o ataque por terra dos Seahawks é o pior da NFL.  A defesa dos Saints é a quarta melhor da liga.  Não vejo nada que eu possa falar que favoreça os Seahawks.

Ofensivamente,  os Saints devem dominar.  Drew Brees e seus wide receivers têm tudo pra fazerem a festa contra a sexta pior secundária da NFL.  Seattle foi muito bem contra o Sam Bradford e os Rams na semana passada.  Parabéns, mas o New Orleans é outro bicho.  Mesmo sem um grande ataque corrido, os Saints vão atropelar.

Previsão: Saints 31, Seahawks 10

Indianapolis Colts 10-6 x New York Jets 11-5, Lucas Oil Stadium em Indianapolis


Peyton Manning teve um jogo incrível (possivelmente, até o melhor de sua carreira) na final da AFC do ano passado contra os Jets.  Ele passou para 377 jardas e lançou 3 TDs contra a melhor defesa da NFL.  Agora, os Jets querem vingança.

Esse ano foi muito difícil para Peyton Manning e os Colts.  A equipe perdeu O Dallas Clark logo no início da temporada, e Austin Collie e Joseph Addai perderam boa parte do ano com contusões.  Sem suas armas principais, Manning lançou 17 interceptações (sexto QB mais interceptado da liga).  Mesmo assim, Indianapolis conseguiu a classificação aos playoffs pelo nono ano consecutivo.

Os Jets, viveram um ano de altos e baixos.  A equipe escapou com vitórias dramáticas contra equipes fracas (Lions, Browns, Texans) e teve derrotas dolorosas (45 a 3 pro New England e 10 a 6 pro Miami).  Mark Sanchez teve um ano meia-boca com 17 TDs e 13 interceptações.  O segundo anista completou apenas 54,7% dos passes, a terceira pior marca entre quarterbacks titulares.

Os Jets vencem quando o ataque terrestre funciona e a defesa domina.  É isso que vai ter que acontecer pra NYJ vencer em Indy.  Se Mark Sanchez tiver que vencer o jogo, eu acho que Nova York ficará numa fria.  Ladainian Tomlinson e Shonn Greene vão ter que assumir controle do jogo.  Defensivamente, eu acho que NYJ tem tudo pra complicar a vida de Peyton Manning.  Os Colts têm apenas um jogador perigosíssimo no ataque.  O nome dele é Reggie Wayne (111 recepções, segunda melhor marca da NFL).  Os Jets têm Darrelle Revis e Antonio Cromartie.  Qualquer um dos dois tem chance de neutralizar Wayne.  Jacob Tamme teve um bom ano substituindo Dallas Clark, mas ele não assusta.  Pierre Garçon jogou bem contra os Jets no ano passado, mas esse ano NYJ estará mais focado em pará-lo. Vai ser complicado.

A boa notícia pros Colts é que o ataque terrestre tem funcionado bem ultimamente.  Joseph Addai está de volta e Donald Brown e Dominic Rhodes têm corrido bem com a bola.  Eu não vejo Indianapolis vencendo NYJ com um ataque unidimensional.   Se Indy conseguir correr para 100 jardas, as chances de vitória aumentam muito.

Quando eu vejo o duelo de Peyton Manning x Mark Sanchez, fica muito difícil apostar contra o Manning.  Ainda não boto fé no Sanchez.  Eu acho difícil vencer o Manning em Indianapolis num jogo de playoffs.  Por isso (sem muita convicção) eu aposto nos Colts.

Previsão: Colts 24, Jets 21


Kansas City Chiefs x Baltimore Ravens, Arrowhead Stadium em Kansas City


Os Chiefs foram uma das grandes surpresas de 2010.  A equipe venceu apenas 4 jogos na temporada passada e e ninguém esperava uma classificação para os Playoffs.  Porém, com o melhor ataque terrestre da NFL, um grande quarterback e uma campanha da 7 vitórias e uma derrota em casa, KC venceu a divisão oeste da AFC pela primeira vez desde 2003.

Os Ravens estão nos playoffs pelo terceiro ano seguido.  Baltimore foi o terceiro time que menos cedeu pontos nessa temporada (16,9).  Ray Lewis continua firme e forte e Terrell Suggs e Haloti Ngata são o pior pesadelo dos quarterbacks adversários.  No ataque, Baltimore teve mais uma forte temporada de Joe Flacco (25 TDs), mas o jogo terrestre teve um ano inconsistente.  Baltimore teve o quinto melhor jogo corrido da NFL no ano passado.  Esse ano, o time desceu para a décima quarta posição.

Esse duelo deve ser muito interessante.  Kansas City vai tentar estabelecer o jogo corrido com Jamaal Charles (segundo melhor corredor da NFL esse ano) e lançar para Dwayne Bowe (líder da NFL com 15 recepções para touchdown) com o passe de play-action.  O clima vai estar muito frio, e quem conseguir correr melhor com a bola, vai ter uma baita vantagem.  É assim que KC tem vencido o ano inteiro.  Matt Cassell tem tido um grande ano, mas eu tenho minhas duvidas se ele é o tipo de jogador que leva o time nos ombros sozinho.  Acredito que ele vá precisar da ajuda do jogo corrido pra KC ter chances.

Joe Flacco já mostrou que consegue vencer em estádios hostis nos playoffs.  Ele já conduziu sua equipe a vitórias em New England, Miami e Tennessee em apenas duas aparições nos playoffs.  Essa experiência vai ajudar muito no sábado.  Os veteranos Ray Lewis e Terrell Suggs crescem muito nos playoffs e a defesa do Baltimore vem com tudo.  Pode contar com Ray Rice tendo uma participação ampla no plano de jogo, e a defesa dos Ravens pressionando Matt Cassell.  Não vai ser fácil, mas Baltimore leva.

Previsão: Ravens 20, Chiefs 17

Philadelphia Eagles x Green Bay Packers, Lincoln Financial Field em Filadélfia.

Esse jogo é imperdível.  Se você tiver alguma coisa programada para domingo, cancele.  Esse daqui você não vai querer perder.

Os Packers chegam aos playoffs em grande fase.  O time tem tido o azar de líder com “n” contusões e isso é uma das razões que GB perdeu 6 jogos.  Nick Barnett, Ryan Grant e Jermichael Finley sofreram graves contusões e estão fora da temporada há muito tempo.  Outros como Aaron Rodgers, Atari Bigby e Mark Tauscher também já perderam jogos.  Enfim, o ano tem sido difícil.  Mesmo assim, a defesa vive um momento especial.  Apenas o Pittsburgh Steelers cedeu menos pontos nessa temporada.  Clay Matthews, Charles Woodson e o resto da retaguarda cederam perto de 10 pontos por jogo nas últimas nove partidas da temporada.  Além disso, o ataque tem Aaron Rodgers (28 TDs e 3,922 jardas).

O ataque do Philadelpia eletrizou a NFL esse ano.  Apenas o San Diego Chargers somou mais jardas do que Michael Vick e Cia.  Lesean Mccoy foi o líder da NFC em jardas e Desean Jackson e Jeremy Maclin sempre estão fazendo touchdowns de 40 a 50 jardas.  Ofensivamente, Philadelphia é de longe o time mais rápido da NFL.  Defensivamente, o time cedeu pelo menos 24 pontos em 5 dos últimos 6 jogos.  A defesa é agressiva e arrisca com muitos blitz.  De vez em quando dá  certo (o blitz), de vez em quando, não.

O duelo deve ser fascinante.  A chave para vencer o Philadelphia é simples: pressionar o Michael Vick.  Vick tem sido bastante pressionado ultimamente e tem uma sequência de 6 jogos seguidos com pelo menos uma interceptação (ele não teve nenhuma nas onze primeiras semanas da temporada).  A defesa dos Packers interceptou Jay Cutler duas vezes na semana passada e permitiu apenas 3 pontos.  Se isso se repetir, Green Bay vence.

Essas equipes se enfrentaram no primeiro jogo da temporada e Aaron Rodgers jogou muito bem na vitória dos Packers por 27 a 20.  Eu vejo isso se repetindo no domingo.  Philly não vem jogando bem  e os Packers veem de uma vitória emocionante na semana passada contra os Bears.  Greg Jennings, Donald Driver e Jordy Nelson serão muito para o Philadelphia.  A defesa dos Packers está pegando fogo e a próxima vítima é Michael Vick.

Previsão: Packers 27, Eagles 20 (de novo)

O que acham?

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

sábado, 1 de janeiro de 2011 MLB - Beisebol, NBA - Basquete, NFL - Futebol Americano, NHL - Hóquei | 23:28

EVENTOS E PERSONAGENS QUE EMOCIONARAM EM 2010

Compartilhe: Twitter

Antes de mais nada, eu queria desejar a todos um Feliz Ano Novo.  Espero que 2011 seja o melhor ano de nossas vidas e que nossos objetivos se realizem.

2010 foi um ano especial no mundo dos esportes americanos.  Muitas coisas aconteceram na NHL, NBA, NFL e MLB.  Vários personagens se destacaram e hoje eu gostaria de compartilhar os meus 7 momentos mais marcantes do ano que passou.

7. A MLB vê dois jogos perfeitos e lamenta outro que foi pro ralo

Jim Joyce emocionado.

Além de “no-hitters” de Ubaldo Jimenez, Matt Garza e Edwin Jackson dois arremessadores alcançaram a performance perfeita.  Dallas Braden, um jogador basicamente desconhecido do Oakland A´s, teve seu momento auge no Dia das Mães, enquanto Roy Halladay do Philadelphia Phillies conseguiu o feito algumas semanas depois no dia 29 de maio.  Essa foi a primeira vez desde 1880 que dois jogos perfeitos aconteceram na mesma temporada.

Mesmo assim, o torcedor lamenta um “perfect game” que não aconteceu.  Quatro dias depois do feito de Halladay, Armando Galarraga do Detroit Tigers estava a uma eliminação de atingir o vigésimo primeiro perfect game da história da MLB quando deu um azar danado.  Jason Donald (jogador do Cleveland Indians) bateu uma bola de rotina que não saiu do infield, e  foi claramente eliminado.  Jim Joyce, umpire da MLB desde 1989, viu algo diferente.  Ele marcou “salvo” e o perfect game foi pro ralo.  No dia seguinte, Jim Joyce (que admitiu o erro) teve um momento com Galarraga e se emocionou.

6. Roy Halladay lança o segundo “no-hitter” da história dos playoffs da MLB.


Roy Halladay completa uma temporada incrível com um “no-hitter” nos playoffs.  Enfrentando o melhor ataque da Liga Nacional, Halladay estava imbatível no dia 6 de outubro.  Apenas um jogador do Cincinnati Reds (Jay Bruce) chegou em base naquela noite memorável.   Hallady estava participando da pós-temporada pela primeira vez em sua carreira de 13 temporadas.  O único outro jogador a conseguir um “no-hitter” nos playoffs foi Don Larsen dos Yankees, que arremessou um jogo perfeito na World Series de 1956 contra os Dodgers.

5. Philadelphia Flyers se torna o terceiro time da história da NHL a vencer uma série depois de perder as três primeiras partidas


Poucos esperavam uma reação do Philadelphia Flyers depois que a equipe perdeu 3 seguidos nas semifinais da conferência Leste contra o Boston Bruins.  Afinal, apenas 2 times (o Toronto Maple Leafs em 1941-42 e  New York Islanders em 1974-75) haviam vencido uma série depois de encarar um buraco de 3 jogos a 0.  Os Flyers não desistiram e venceram os jogos 4,5 e 6.  Na sétima partida, Boston abriu uma vantagem de 3 a 0.  Mesmo jogando fora de casa, Philadelphia não se entregou e venceu o jogo e a série por 4 a 3. Incrível!

4. Michael Vick dá a volta por cima e tem a melhor temporada da carreira


Depois de ficar 18 meses na prisão por torturar e executar cachorros Michael Vick deu a volta por cima em 2010.  Vick começou o ano no banco mas ganhou sua chance como titular depois de uma contusão sofrida por Kevin Kolb no primeiro jogo da temporada.  Com passes e corridas incríveis, Vick tem eletrizado a NFL e é candidato a vencer o prêmio de MVP.  No ano passado, Vick esquentou o banco atrás de Donovan Mcnabb.  Agora, ele tem se mostrado uma pessoa bem mais responsável, dedicada e determinada a mostrar que ele ainda tem muita gasolina no tanque. Fora de campo, ele tem participado de projetos sociais e demonstrado remorso por tudo que vez.

3. Josh Hamilton vence o prêmio de MVP da Liga Americana


É sempre legal testemunhar a batalha, determinação e vontade de vencer de uma pessoa atormentada por uso de drogas e álcool.  Essa é a história de Josh Hamilton, outfielder do Texas Rangers.  É difícil não ficar emocionado com a história desse rapaz.  Ele foi o primeiro jogador draftado em 1999.  Infelizmente, a vida do jovem atleta tomou um rumo para a pior e ele enfrentou os demônios de cocaína e álcool, por vários anos.  A carreira do jogador não ia pra frente e ele  quase abandonou o esporte, ficando longe dos gramados entre 2004 e 2006.  Em 2007, Hamilton superou as drogas e estreou na MLB.  A volta foi coroada em 2010.  Hamilton foi eleito o melhor jogador da Liga Americana.  Ele terminou com o melhor aproveitamento da MLB (35,9%), e levou o Texas Rangers à World Series pela primeira vez na história da franquia.  Ah, quase esqueci.  Hamilton também foi eleito o MVP da Final da Liga Americana. Parabéns!!

2. Três times acabam com secas e levantam o troféu de campeão

O ano foi lindo para New Orleans Saints, Chicago Blackhawks e San Francisco Giants.  Se você tivesse apostado 10 dólares, em Las Vegas, que esses três times venceriam títulos em 2010, você não teria que trabalhar mais um dia na vida.  Estaria rico!

Os Saints (que existem desde 1967) venceram o Super Bowl pela primeira vez.  O ponto de exclamação foi uma interceptação de Tracy Porter retornada 75 jardas para touchdown nos minutos finais.  New Orleans venceu Indianapolis por 31 a 17.

As ruas de Chicago estavam em êxtase depois do título do Chicago Blackhawks em junho do ano passado.  O grito estava preso na garganta desde 1961.  Nenhum time da NHL estava tanto tempo sem ganhar uma Stanley Cup!  Os Blackhawks venceram o Philadelphia Flyers por 4 jogos a 2.

1954 foi um ótimo ano para o New York Giants que comemorou seu último título em Nova York antes de se mudar para São Francisco.  56 anos depois, a franquia voltou a levantar o troféu de campeão, dessa vez como “San Francisco Giants”.  Os Giants não eram considerados favoritos ao titulo antes da temporada e surpreenderam muita gente.  A equipe derrubou o Texas Rangers na World Series por 4 jogos a 1.

1. Lebron James abandona o Cleveland Cavaliers e leva seus “talentos à South Beach”


Essa foi boa.  No dia 8 de julho, torcedores de Chicago Bulls, Cleveland Cavaliers, Miami Heat e New York Knicks estavam ligadíssimos na frente da televisão para “A Decisão”.   Lebron James estava prestes a anunciar para qual time ele jogaria em 2010 num programa especial da ESPN nos Estados Unidos.  Minutos depois das 22h, horário de Brasília, James declarou: “nesse outono eu levarei meus talentos para South Beach e me juntarei ao Miami Heat.”

Lebron foi muito criticado por ter anunciado sua decisão na televisão.  Torcedores em Cleveland queimavam a camisa 23 dele, enquanto o dono do time, Dan Gilbert, abertamente criticou o ex-líder de sua equipe chamando o  de “traíra” e “covarde”.

O Miami formou um trio mágico com James, Dwayne Wade e Chris Bosh e é considerado um dos grandes favoritos ao título esse ano.  O Cleveland Cavaliers passa por mais uma reformulação.

E você, qual foi o seu momento favorito de 2010?

Autor: Tags: , , , , , ,

sexta-feira, 24 de setembro de 2010 NFL - Futebol Americano | 01:24

O “POLVO PAULO” ENGOLE A BOLA DE CRISTAL E PREVÊ A TERCEIRA RODADA DA NFL.

Compartilhe: Twitter

De agora em diante a bola de cristal será substituída pelo Polvo Paulo.  A bola cristalina foi bem na semana passada acertando 12 de 16 palpites.  Entretanto, ela estava querendo muitos privilégios aqui no blog e eu dei um basta, um “chega” na situação.  Agora quem vai prever as rodadas da NFL é o nosso novo e queridíssimo “Polvo Paulo”.   Na semana passada, foram 12 acertos e 4 erros.  Depois de duas semanas a campanha é de 24 acertos e 8 erros. Vamos dar uma olhada nos resultados da semana passada e deixar o Polvo Paulo advinhar o que acontecerá na semana 3.

Semana 2

12 acertos 4 erros.


Green Bay Packers 34, Buffalo Bills 7. Acerto

Aposta de MVP: Aaron Rodgers

Rodgers jogou muito bem acertando dois passes para touchdown, mas o jogador que chamou mais atenção foi Clay Matthews.  O linebacker somou 3 sacks e uma interceptação e agora lidera a liga com 6 sacks.

Pittsburgh Steelers 19, Tennessee Titans 11. Erro

Aposta de MVP: Cortland Finnegan

Finnegan teve 4 tackles, terceira melhor marca dos Titans.  O verdadeiro MVP do jogo foi a defesa dos Steelers que forçou 7 turnovers.

Kansas City Chiefs 16, Cleveland Browns 14. Acerto

Aposta de MVP: Thomas Jones

Jones foi de longe o melhor corredor da partida com 83 jardas.  Mesmo assim, a defesa dos Chiefs fez a diferença.  O único TD do KC veio num retorno de interceptação de Brandon Flowers.

Miami Dolphins 14, Minnesota Vikings 10. Acerto

Aposta de MVP: Karlos Dansby

Dansby e Vontae Davis fizeram o tackle da partida nos últimos minutos do jogo.  Numa quarta-descida na linha de uma jarda, essa dupla evitou o TD de Adrian Peterson pra salvar o jogo pro Miami.  Davis teve uma interceptação também.  Se eu tivesse que premiar um, eu daria o MVP para Davis (mas QUASE foi o Dansby).

Philadelphia 35, Detroit Lions 32. Acerto

Aposta de MVP: Michael Vick

Michael Vick foi o cara da partida, sem dúvida.  Ele lançou para 3 TDs com 284 jardas.  Ele jogou tão bem que agora é o quarterback titular dos Eagles.  Hello banco, para Kevin Kolb.

Chicago Bears 27, Dallas Cowboys 20. Erro

Aposta de MVP: Miles Austin

Miles Austin foi espetacular com 10 recepções e 142 jardas.  Infelizmente para o Dallas, o Jay Cutler foi melhor.  Mesmo sendo pressionado o jogo inteiro, o QB dos Bears acertou 3 passes para touchdown e não foi interceptado.  Ele acertou 21 de 29 passes num jogo que teve um placar surpreendente.


Atlanta Falcons 41, Arizona Cardinals 7. Acerto

Aposta de MVP: Matt Ryan

Ryan igualou a melhor marca da carreira com 3 touchdowns lançados, mas ele não foi o homem do jogo.  Esse título fica com Jason Snelling que substituiu os lesionados Michael Turner e Jerrius Norwood, e teve o jogo de sua vida.  Snelling correu para 129 jardas e anotou 3 TDs.

Tampa Bay Bucs 20, Carolina Panthers 7. Erro

Aposta de MVP: DeAngelo Williams

Williams não foi um fator no resultado, somando apenas 54 jardas terrestres.  Josh Freeman protegeu bem a bola e lançou para 2 TDs.  Tim Crowder teve um grande jogo com dois sacks.

Cincinnati Bengals 15, Baltimore Ravens 10. Erro

Aposta de MVP: Ray Lewis

Lewis e a defesa dos Ravens não cedeu um touchdown.  Lewis teve o único sack dos Ravens.  O problema dos Ravens foi que o ataque não cuidou da bola (4 interceptações do Joe Flacco).  Para esse jogo, não teremos um MVP e sim um LVP (Least valuable player).  Parabéns Joe Flacco.

Denver Broncos 31, Seattle Seahawks 17. Acerto

Aposta de MVP: Knowshon Moreno

Moreno correu para apenas 54 jardas.  Kyle Orton passou das 300 jardas e o destaque ficou para Demaryus Thomas.  Em seu jogo de estreia, o calouro recebeu 8 passes (um touchdown) para 97 jardas.

Houston Texans 30, Washington Redskins 27, OT. Acerto

Aposta de MVP: Andre Johnson

Johnson empatou a melhor marca de sua carreira com 12 recepções.  Mesmo assim, o homem do jogo foi Matt Schaub com 497 jardas.

Oakland Raiders 16, St.Louis Rams 14. Acerto

Aposta de MVP: Darren Mcfadden

Mcfadden teve o melhor jogo da carreira com 145 jardas terrestres.

New York Jets 28, New England Patriots 14. Acerto

Aposta de MVP: Shonn Greene

Greene estava sumido no jogo.  Mark Sanchez foi o cara com 3 TDs

San Diego Chargers 38, Jacksonville Jaguars 13. Acerto

Aposta de MVP: Phillip Rivers

Rivers jogou muito bem com 334 jardas e 3 TDs.  A defesa do San Diego forçou 6 turnovers!!

Indianapolis Colts 38, New York Giants 14. Acerto

Aposta de MVP: Peyton Manning

Manning foi ótimo, como sempre, com 3 TDs.  O grupo mais valioso do jogo foi a linha offensiva dos Colts que massacrou a linha dos Giants.

New Orleans Saints 25, San Francisco 49ers 22. Acerto

Aposta de MVP: Drew Brees

Brees salvou o jogo para os Saints.  Ele conduziu a campanha da vitória nos últimos  segundos da partida.

HELLO POLVO PAULO!

PREVISÕES DO POLVO PAULO PARA A TERCEIRA RODADA !


New York Giants 24, Tennessee Titans 23

MVP: Eli Manning

Cincinnati Bengals 31, Carolina Panthers 13

MVP: Terrell Owens



Pittsburgh Steelers 16, Tampa Bay Bucs 14

MVP: Troy Polamalu

New England Patriots 30, Buffalo Bills 24

MVP: Tom Brady

Baltimore Ravens 31, Cleveland Browns 2

MVP: Ray Rice


San Francisco 49ers 23, Kansas City Chiefs 17

MVP: Alex Smith


Houston Texans 20, Dallas Cowboys 17

MVP: Andre Johnson


Minnesota Vikings 38, Detroit Lions 6

MVP: Adrian Peterson


New Orleans Saints 27, Atlanta Falcons 24

MVP: Drew Brees


Washington Redskins 23, St.Louis Rams 20

MVP: Clinton Portis


Jacksonville Jaguars 21, Philadelphia Eagles 20

MVP: Maurice Jones-Drew


Indianapolis Colts 34, Denver Broncos 21

MVP: Peyton Manning


Arizona Cardinals 27, Oakland Raiders 23

MVP: Larry Fitzgerald



Seattle Seahawks 24, San Diego Chargers 21

MVP: Matt Hasselback


Miami Dolphins 30, New York Jets 10

MVP: Brandon Marshall


Green Bay Packers 21, Chicago Bears 18

MVP: Clay Matthews



OK People!  Na semana passada eu recebei recados falando que eu estava louco de apostar nos Dolphins e os Dolphins ganharam.  Também falaram que eu estava crazy de apostar nos Jets e eles ganharam também.  E essa semana? Qual foi a grande loucura?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010 NFL - Futebol Americano | 18:24

Saints campeão (6)

Compartilhe: Twitter

Peguei um trecho da entrevista coletiva de Drew Brees após a conquista do Super Bowl. A entrevista foi concedida na segunda-feira e está em toda a imprensa norte-americana nesta terça.

Super Bowl Football

Brees sobre o técnico Sean Payton (ambos na foto acima, da AP)
“Eu sinto que nos comunicamos muito bem. Tenho muita fé e confiança nele, e sinto que ele tem essa mesma confiança em mim”

“Quando estou em campo, acho que eu sei a jogada que será pedida antes mesmo de ela ser pedida, porque falamos muito sobre isso”

Brees sobre a carreira
“É algo que jamais poderão tirar de você enquanto você viver, ou até depois da vida… É algo que sempre estará com a gente. Será parte do nosso legado”

“Espero que eu tenha muitos anos pela frente. Vou tentar jogar por mais tempo que eu puder, até que chutem para fora daqui”

Brees sobre a alegria da cidade
“Não espere que ninguém vá trabalhar em New Orleans na manhã de hoje (terça-feira), ou talvez nas duas próximas semanas, considerando que semana que vem é Mardi Grass (o Carnaval local)”

Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 NFL - Futebol Americano | 19:00

Saints campeão (4)

Compartilhe: Twitter

Andei pensando um pouco sobre o título acima. Ficou meio impróprio, já que falei muito de Super Bowl e pouco do Saints. Mas acho que agora é tarde pra mudar. Mantendo-me nos assuntos periféricos do jogo, é hora de falar sobre a audiência da televisão.

O Super Bowl de domingo teve a maior audiência da história da televisão nos Estados Unidos, superando o capítulo final do seriado M.A.S.H., exibido em 1983. Segundo a Nielsen Co., cerca de 106,5 milhões de pessoas assistiram à vitória do Saints sobre o Colts.

O final de M.A.S.H., que foi ao ar numa época com bem menos aparelhos de telvisão nos lares norte-americanos, teve 105,97 milhões de espectadores. No Super Bowl, o recorde de audiência era 98,7 milhões, no jogo do ano passado entre Steelers e Cardinals.

Autor: Tags: , , , , , , ,

NFL - Futebol Americano | 18:40

Saints campeão (3)

Compartilhe: Twitter

Acho que todas as fotos são auto-explicativas, por isso vão sem legendas. De toda forma, se ficar dúvida quanto a alguma foto, é só perguntar no espaço pra comentários.

Autor: Tags: , , , , , ,

NFL - Futebol Americano | 11:38

Saints campeão (1)

Compartilhe: Twitter

A ideia hoje é encher o blog de Super Bowl, na medida do possível. Pra começar, uma rápida análise do jogaço de ontem. Acho que levei só 5 minutos pra virar a casaca. Até porque não daria pra torcer contra o técnico Sean Payton. O cara ganhou o jogo, foi tão importante quanto Drew Brees. Não me lembro, em nenhum esporte, de um técnico com tanta importância numa decisão quanto ele ontem.

Tentar (e conseguir) o onside kick; tentar (e conseguir) a conversão de dois pontos; lançar (e ganhar) o desafio na revisão da jogada. Somar tudo isso num único jogo, ainda mais uma decisão, não é pra qualquer um.

Segundo a Sporting News, três justificativas para o título do Saints.

>> o brilhantismo de Drew Brees: “É uma tremenda honra (ser MVP), mas ganhar o Super Bowl já está de bom tamanho”. Modesto.

>> a ousadia do treinador: “Seremos agressivos”, prometeu Payton no intervalo do jogo. Cumpriu.

>> a interceptação de Tracy Porter: não fosse por isso, o Colts fatalmente empataria a partida. Alguém duvida?

Autor: Tags: , , , ,

sábado, 6 de fevereiro de 2010 NFL - Futebol Americano | 16:17

Madden 11

Compartilhe: Twitter

Pela primeira vez, a EA Sports deixou na mão dos torcedores/jogadores/consumidores a escolha da capa do tradicional jogo Madden. A edição de 2011 tem três candidatos a capa: Drew Brees, QB do Saints; Reggie Wayne, WR do Colts; Jared Allen, DE do Vikings. Para votar, clique aqui. Pra constar: eu não jogo Madden, prefiro NBA 2K. madden

Autor: Tags: , , , , , , ,

NFL - Futebol Americano | 10:03

Hora do intervalo

Compartilhe: Twitter

Abaixo, uma curiosidade: todas as empresas que vão anunciar durante o Super Bowl. O Felippe Rodrigues, leitor deste blog, leu em outro blog, Jogo de Negócios, que cada minuto custa mais de US$ 3 milhões. Façam as contas. Bud Light e Doritos, por exemplo, compraram 3 inserções de 30 segundos no 1° quarto.

1° QUARTO
Boost Mobile: 30
Bridgestone: 30
Bud Light: 30 x 3
Coca-Cola: 60
Doritos: 30 x 3
ETrade: 30
Flo TV: 30
Focus On The Family: 30
Go Daddy: 30
Hyundai Sonata: 30
Monster.com: 30
Paramount Pictures: 30
Skechers: 15
Snickers: 30

2° QUARTO
Bud Light: 30
Budweiser: 60
Careerbuilder.com: 30
Cars.com: 60
Denny’s: 15
Dodge (Chrysler): 60
Dr Pepper Cherry: 30
Hyundai: 30
Levi’s Dockers: 30
Papa John’s: 30
Paramount Pictures: 30
Teleflora: 30
TruTV’s NFL Full Contact: 30
Walt Disney Pictures: 30

3° QUARTO
Bridgestone: 30
Budweiser Select 55: 15
Coca-Cola: 60
Denny’s: 30
HomeAway: 30
kgb: 30
Kia Sorento Crossover: 30
Michelob Ultra: 30
Motorola: 30
NFL: 60
Taco Bell: 30
U.S. Census Bureau: 30
Volkswagen: 30
Walt Disney Pictures: 30

4° QUARTO
Audi A3 TDI: 60
Budweiser: 60
Denny’s: 30
Electronic Arts (Dante’s Inferno): 30
Go Daddy: 30
Honda Accord Crosstour: 30
Intel: 30
Pop Secret/Emerald Nuts: 30
Skechers: 15
Sony Vizio: 60

PS: Mais tarde falo um pouquinho de futebol americano em videogame. Mais precisamente, Madden11.

Autor: Tags: , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. Última