Publicidade

Posts com a Tag Los Angeles Angels

quarta-feira, 2 de junho de 2010 MLB - Beisebol | 04:30

OS MELHORES DE MAIO NA MLB

Compartilhe: Twitter

Foi difícil.  Eu sofri, suei, andei pra lá e pra cá antes de publicar esse post, mas…finalmente consegui colocar no papel.  Na minha opinião, esses foram os melhores da MLB no mês de maio.

Catcher: Mike Napoli, Los Angeles Angels of Anaheim


Abril foi um mês lamentável para os Angels.  Maio tem trazido mais sorrisos para os Californianos e uma das razões é Mike Napoli.  Nesse mês, Ele foi o catcher que mais conseguiu Home Runs(8), rebatidas duplas (9) e  28 rebatidas no total.  Agora, uma coisa que não gostei foi o fato dele ter conseguido apenas 4 walks e sofrido 33 strikeouts.  Conserta isso meu filho, se não você não vai aparecer em mais nenhuma lista minha!

Menção honrosa: Victor Martinez, Boston Red Sox.

Victor bateu 6 Home Runs (segunda melhor marca entre catchers) e impulsionou 19 corridas (melhor marca).

Primeira base: Justin Morneau, Minnesota Twins


Justin Morneau deveria mudar o nome dele para Justin “Quentão” porque de “morno” ele não tem absolutamente nada!  Hello, bem dito mês para o Primeira base dos Twins!  Quem gosta de ataque pode colocar no Justin TV ou  ligar para 0-800-Justin-é-o-cara.  Morneau foi líder entre os jogadores de sua posição com um aproveitamento de 40% no bastão, 13 rebatidas duplas e 40 rebatidas no total.  Nada mal my dear!  Os Twins terminaram o mês na primeira colocação da Divisão Central com 30 vitórias e 20 derrotas.

Menção honrosa: Kevin Youkilis, Boston Red Sox

Meu cabelo está um pouquinho mais branco por ter deixado o “Deus Grego de Walk” fora.  Me doeu muito.  Youkilis foi de longe o melhor primeira base anotando Walks(31), corridas (29), e chegando em base (52,1% das vezes que foi ao bastão).  Além disso o Youky bateu 7 HRs, um a mais que o Morneau (é melhor ir pro próximo antes que eu mude de idéia e coloque o Youkilis na frente do homem fogo, Morneau).

Segunda base: Brandon Phillips, Cincinnati Reds


Não é à toa que os Reds estão em primeiro lugar na Divisão Central depois de dois meses de temporada.  Os arremessadores estão fazendo um ótimo trabalho, e o ataque está rasgando a bola.  Um dos protagonistas dessa boa fase se chama Brandon Phillips.  Ele não só mostrou velocidade com 5 bases roubadas (empatado com Chone Figgins na liderança) mas também potência com 5 Home Runs.  Nenhum Segunda base anotou mais corridas (26) em maio, e suas 37 rebatidas ficaram somente atrás das marcas de Robinson Cano(39) e Martin Prado (38).  Bom trabalho Brandon!  Além disso, Phillips terminou o mês com um aproveitamento de 31,6%

Menção honrosa: Robinson Cano, New York Yankees

Bravo Robinson!!!  Mais um mês espetacular pra você hombre.  Olha, foi difícil não colocar o Cano na primeira colocação em sua posição.  33,6% no bastão e 22 corridas impulsionadas não são brincadeira.  Além disso ninguém conseguiu mais rebatidas.  Escolhi o Phillips não só porque ele teve estatísticas sensacionais mas também porque ajudou muito sua equipe a chegar a primeira posição na classificação.

Shortstop: Elvis Andrus, Texas Rangers


Eu não sei se ele sabe cantar ou requebrar, mas se tem uma coisa que esse Elvis sabe fazer é jogar um joguinho chamado “beisebol”.  Nenhum Shortstop conseguiu mais rebatidas (36), bases roubadas (11), corridas anotadas (24) ou teve um aproveitamento melhor (34,0%) que o nosso querido Elvis(na verdade Edgar Renteria e Drew Sutton tiveram um aproveitamento melhor, só que eles foram no bastão um total de 14 vezes no mês.  Não vale né?).  o venezuelano está fazendo um trabalho sensacional rebatendo na posição de “lead-off” no lineup dos Rangers e ajudou sua equipe a terminar o mês com um aproveitamento no bastão de perto de 28% (uma das melhores marcas da Liga Americana).  Parabéns muchacho!

Menção honrosa: Troy Tulowitzki, Colorado Rockies

Eu ia colocar o Hanley Ramirez mas como ele  veio a publico pra criticar seus companheiros e treinador depois de um jogo, dessa vez ele vai ficar no banco.  Tulowitzki teve um mês fortíssimo.  5 bolinhas foram pro outro lado do muro (Só o Ramirez bateu mais,6) e ele cruzou o home plate vinte e duas vezes (só o Andrus anotou mais corridas).  Aí você mistura um aproveitamento de 31,9%, coloca tudo isso no fogão por meia hora, e sai um prato chamado “Tulowitzki à Bombastão.”  Esse prato é apreciado em Colorado!

Terceira base: Jose Bautista, Toronto Blue Jays


Se existe um depósito para bolinhas de beisebol (ou “basebolas” como eu gosto de chamá-las), ele fica localizado exatamente atrás do muro do Rogers Centre, estádio do Toronto Blue Jays.  Eu não sei o que colocaram na água lá no Canada; não sei se os jogadores estão fazendo aquele negócio de grupo de terapia com os fantasmas de Babe Ruth e Mickey Mantle.  Sei lá! Só sei que o time não pára de bater Home Runs!!  Foram 54 no mês de maio!! De longe a melhor marca da Major League Baseball e o melhor mês da história da franquia batendo bolinhas brancas além de muros. Hello! O grande protagonista do “Massacre das Basebolas” foi o José Bautista.  Nenhum jogador da liga bateu mais Home Runs no mês, foram 12! Preciso falar mais alguma coisa?

Menção honrosa: Sei lá.  Ainda estou zonzo lendo os números do ataque dos Blue Jays no mês de maio.  Agora, se eu tivesse que escolher um, seria Adrian Beltre do Boston Red Sox.  Rebatidas importantes contra grandes equipes ajudaram o Boston a  vencer 10 dos últimos 13 jogos no mês e voltar a ser relevante na Divisão Leste da Liga Americana.

Left field: Carl Crawford, Tampa Bay Rays


Demorou uma meia hora pra eu decidir entre Josh Willingham, Johnny Gomes e Carl Crawford.  Eu decidi que para essa posição teremos “menções honrosas”.  Crawford é espetacular.  Não só porque ele teve 10 jogos com pelo menos 2 rebatidas, ou porque foi o segundo melhor Left fielder anotando corridas, o terceiro em rebatidas e o segundo em bases roubadas.  Eu escolhi o Crawford também pelo fato que ele é uma maravilha defendendo sua posição.  É difícil saber quantas corridas que ele já salvou. Eu garanto que foi um bom número.

Menções honrosas: Josh Willingham, Washington Nationals e Johnny Gomes, Cincinnati Reds.

Willingham foi o melhor Left fielder batendo Home Runs (7) e ficou na liderança com o Gomes com 22 duas corridas impulsionadas cada.  Gomes ficou com o melhor aproveitamento (36,4%) e ainda bateu 5 home runs.

Center field: Alex Rios, Chicago White Sox


Alexis Israel Rios, bem-vindo de volta ao planeta Basebola meu querido!  Estavamos sentido a sua falta! Depois de terminar muito mal a temporada de 2009, parece que o Rios está de volta a todo vapor! Nenhum Center fielder bateu mais Home Runs (8), anotou mais rebatidas duplas (8) ou corridas (22).   Pena que o Chicago White Sox está tendo uma temporada lamentável.

Menção honrosa: Denard Span, Minnesota Twins

Difícil deixar o jogador que mais conseguiu rebatidas em toda a Major League fora (oops, será que eu deveria trocar o Rios? Não…vou com ele mesmo).  Além de somar 42 rebatidas (apenas um Home Run), Span também teve um aproveitamento de 35,3% (número 1 entre Center fielders).  Essa escolha foi muito difícil.

Right field: Nick Swisher, New York Yankees


Hello Nicky boy!  Quase impossível deixar um jogador dos Yankees fora do lineup e Nick Swisher merece estar aqui.  Primeiro que ele perdeu alguns jogos por causa de contusão e conseguiu dar a volta por cima.  Segundo que…ele teve números ótimos. 37,4% de aproveitamento, 24 corridas anotadas (melhor marca em sua posição) e sete Home Runs (segunda melhor).

Menção honrosa: Corey Hart Milwaukee Brewers

Eu sei que parece que os Brewers andam tomando muitas cervejas antes dos jogos.  A equipe não está jogando nada! Agora, uma coisa eu te falo.  Bater 10 Home Runs num mês…merece uma gelada.  Parabéns Hart.  Continue jogando com o coração meu querido (gostaram do trocadilho…coração-Hart? Foi muito ruim? Sorry).

Arremessador: Ubaldo Jimenez, Colorado Rockies


Paulo! Você é maluco? O Roy Halladay e o Dallas Braden arremessaram jogos perfeitos e nenhum deles foi escolhido? Eu sei, eu sei. Só que…MESMO com os jogos perfeitos, Ubaldo conseguiu ser melhor que esses dois atletas em maio.  O cara cedeu 4 corridas em 46 entradas. Eu disse 4…no mês inteiro!  Ele venceu 5 jogos e perdeu 1. Foram apenas 24 rebatidas cedidas (Halladay cedeu 37 rebatidas e 14 corridas em 46 entradas).  “El Hombre increíble” foi o melhor de abril e é o único a receber meu voto de novo aqui em maio.

Menção honrosa: (la vem pedrada na minha cabeça) Jon Lester, Boston Red Sox

Antes que vocês começem a questionar a minha sanidade mental, deixe eu explicar.  Nenhum arremessador da MLB conseguiu tantas vitórias (5) sem sofrer uma derrota.  Apenas 2 jogadores do beisebol conseguiram mais strikeouts que Jon Lester e apenas dois (com pelo menos 40 entradas arremessadas) cederam menos rebatidas (Lester cedeu 24.  Ricky Romero e Matt Cain cederam 23) em maio.  Além disso, Lester permitiu apenas 9 corridas merecidas em 44 entradas.  Isso da um ERA de 1,84.

Roy Halladay terminou o mês com 3 vitórias e 2 derrotas.  Dallas Braden teve uma vitória e 4 derrotas.

E aí? Enlouqueci de vez?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 7 de abril de 2010 MLB - Beisebol | 12:52

Fogo de palha?

Compartilhe: Twitter

Mais uma vitória do San Francisco Giants, agora com grande atuação de Barry Zito (foto Getty Images). É cedo demais pra qualquer análise definitiva, mas já deu pra ver que os pitchers da equipe não perderam o jeito. O ataque continua engasgado, mas jogadores como Mark DeRosa e Aubrey Huff começaram bem o ano. Ontem, nos 3 a 0 sobre o Astros, até Zito conseguiu uma rebatida. Será apenas uma boa fase?

Já o Yankees fez a sua parte, venceu a primeira na temporada e igualou a série com o Red Sox, em Boston. O time de NY pelo menos impede que se repita a vergonhosa série de oito derrotas para o rival nos oito primeiros confrontos de 2009. Na vitória de ontem por 6 a 4, o Yankees balanceou o ataque e teve só um HR, explorando bem o “green monster” e as dimensões do Fenway Park.

Rockies e Mariners, candidatos a surpresa na temporada, foram derrotas e têm 50% de aproveitamento. E o Twins, que fez 5 a 3 no Angels, contou com o primeiro homer de Joe Mauer na temporada. Quem deixou a desejar foi Hideki Matsui, sem nenhuma rebatida válida em três tentativas no bastão. O japonês, MVP das World Series de 2009, tem 28,6% de aproveitamento na temporada.

Pra hoje, um bom jogo é Pirates x Dodgers. Boa chance de ver a promissora equipe de Pittsburgh contra o experiente time de Los Angeles. Ainda tem o fechamento da série Red Sox x Yankees e Angels x Twins pela terceira vez.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 31 de março de 2010 MLB - Beisebol | 08:48

Los Angeles Angels

Compartilhe: Twitter

A equipe perdeu três jogadores importantes na intertemporada: Chone Figgins foi para o rival de divisão Mariners; John Lackey acertou com o Red Sox; Darren Oliver trocou o Angels pelo Rangers. Sinal de que o Angels estará mais fraco em 2010? Nada disso! O time volta com força e sai na frente dos rivais na briga pela liderança de divisão.

A rotação ainda é forte: Jered Weaver teve melhor ERA do que Lackey em 2009, enquanto Joe Saunders conquistou mais vitórias do que o ex-companheiro. No bullpen, a aposta é Fernando Rodney, que conseguiu 37 saves em 38 oportunidades com o Detroit Tigers e é outro importante reforço do Angels

A posição de Chone Figgins, por sua vez, será ocupada em alguns momentos pelo jovem Brandon Wood, futuro astro da liga, e em outras ocasiões por Maicer Izturis, uma espécie de solução emergencial.

Figgins, que anotou 114 corridas e roubou 42 bases em 2009, é uma perda considerável, mas o ataque continua forte. Uma das apostas é a boa fase de Kendry Morales, que virou titular e conseguiu 34 homers, com aproveitamento de 30,6% no bastão. E ainda vem aí Hideki Matsui (foto Getty Images), MVP das World Series de 2009 com o Yankees. Sem falar em Bobby Abreu, Torii Hunter e Erick Aybar.

Entre prós e contras, o Angels continua com saldo positivo. Em relação aos rivais, o time é mais talentoso, tem mais dinheiro, categorias de base mais fortes e um treinador competente. Precisa de mais?

Opinião de um adversário
“Com Jered Weaver, Ervin Santana, Scott Kazmir e Joe Saunders, eles ainda terão uma rotação muito forte. Mesmo sem algumas peças importantes, este ainda é um time muito bom”

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 30 de março de 2010 MLB - Beisebol | 18:33

Texas Rangers

Compartilhe: Twitter

A equipe texana foi bem em 2009 e permaneceu na ponta da Liga Americana Oeste até julho, quando foi superada pelo Angels. Dali em diante, permaneceu em segundo lugar e teve que se satisfazer com essa posição. O motivo: o ataque é forte, mas sofreu com falta de bons pitchers e com a defesa deficiente.

Para 2010, a expectativa é de uma sutil melhora. Na defesa, os holofotes estarão sobre Elvis Andrus, segundo atleta com mais erros na MLB em 2009. Agora, após um ano de experiência como shortstop, ele deve crescer defensivamente.

Para melhorar a rotação, a equipe fez uma aposta arriscada: o eficiente Rich Harden (foto Getty Images), que tem sofrido com as lesões e acumula uma média de apenas 16 jogos por temporada nos últimos cinco anos. Isso sem falar em seu péssimo desempenho no estádio do Rangers, onde tem ERA de 7,66.

No bullpen, a aposta para o futuro é Neftali Feliz (boa aposta também pro Fantasy), que pode até brigar com uma vaga na rotação, mas em alguns anos deve ser firmar como closer da equipe.

No ataque, nenhuma preocupação: Michael Young tem aproveitamento de 30,2% na carreira; Ian Kinsler saltou de 18 homers em 2008 para 31 em 2009; Nelson Cruz, enfim titular, explodiu em 2009 com 33 homers.

Opinião de um adversário
“Eles são muito voltados para o ataque, mas ainda precisam de algo mais na primeira base. E o estádio é complicado também para os jogadores de campo, não apenas para os pitchers”

Autor: Tags: , , , , , , ,

segunda-feira, 15 de março de 2010 MLB - Beisebol | 11:27

MLB para mulheres

Compartilhe: Twitter

A Victoria Secret, famosa marca de lingerie, acaba de firmar uma parceria com a MLB. Inicialmente, 11 equipes estão no “pacote”,  entre elas New York Yankees, Boston Red Sox, St. Louis Cardinals, Chicago Cubs, Minnesota Twins e Los Angeles Angels. Todas terão uma linha de produtos femininos contendo coraçõezinhos, frases bonitinhas como “Só beijo torcedores do Angels” e outros mimos.

Segundo Tim Brosnan, vice-presidente executivo da MLB, as mulheres correspondem a 40% do público da liga. Daí a ideia de investir pesado em produtos para a mulherada. “Depois dessa primeira etapa com 11 equipes, vamos atingir todas as 30 equipes”, disse ele.

De acordo com o jornal USA Today, não será surpresa ver atletas da MLB ao lado de modelos da Victoria Secrets em desfiles ou outros eventos. Sorte deles…

Autor: Tags: , , , , , , ,

sexta-feira, 6 de novembro de 2009 MLB - Beisebol | 12:12

Caridade

Compartilhe: Twitter

Como sempre acontece nos Estados Unidos, o Philadelphia Phillies se preparou para lucrar caso conquistasse a World Series. O time produziu antecipadamente uma porção de camisetas, moletons e bonés comemorativos ao título. Como o New York Yankees foi campeão, o material do Phillies ficaria eternamente guardado num galpão, ou então seria destruído. Pois a World Vision, uma entidade beneficente localizada em Seattle, decidiu doar tudo às vítimas dos terremotos que atingiram a Indonésia em setembro.

A mesma World Vision teve iniciativa idêntica com o material produzido e descartado por Los Angeles Dodgers e Los Angeles Angels, derrotados nas finais de Liga por Phillies e Yankees, respectivamente. Mais de 1300 itens produzidos por essas equipes foram doados. No passado, países como Gana, Zâmbia, El Salvador, Honduras e Romênia foram beneficiados por iniciativas semelhantes.

Aproveitando o assunto… No Brasil, os clubes de futebol nem cogitam encomendar uma mísera faixa de campeão antes de levantar a taça. A simples reserva de uma boate para a eventual festa do título é tabu por aqui. Quando alguém ousa fazer uma coisa dessas antecipadamente, o adversário encara como desrespeito e usa isso para motivar seus jogadores. É uma das atitudes mais ridículas do atrasadíssimo futebol brasileiro.

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 23 de outubro de 2009 MLB - Beisebol | 12:26

Primeiro finalista

Compartilhe: Twitter

O Phillies já largou na frente na disputa pelo título das World Series. Seja quem for o adversário, Yankees ou Angels, chegará consideravelmente mais cansado. Isso é ainda mais relevante numa disputa com ataques tão fortes contra os quais é importante ter pitchers na melhor forma possível.

Além do descanso, a confiança do Phillies é tremenda. Que o diga o técnico Charlie Manuel. “Temos mais um passo, e vamos chegar lá”, prometeu. De fato, considero o time da Philadelphia mais confiável que os dois adversários. Vamos ver se dessa vez minha previsão não faz água.

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 20 de outubro de 2009 MLB - Beisebol | 13:25

Como ele perdeu o jogo

Compartilhe: Twitter

Hoje vou perder a compostura um pouco para cornetar o técnico do Yankees. Ontem à noite assisti ao jogo contra o Angels (eu tinha dito Phillies, mas já corrigi) do começo ao fim. Em dado momento, começou a me incomodar a interminável sequência de mudanças que Joe Girardi fez na equipe de NY. Aí, pensei: “Eu não manjo muito do esporte, ele é um profissional. Eu estou errado, ele sabe o que está fazendo”.

Hoje cedo, cheguei à redação e dei uma checada no noticiário nova-iorquino. Estão todos no pé de Joe Girardi. Sobretudo pela estúpido troca de Johnny Damon por Jerry Hairston Jr. na 10ª entrada. Explico de forma bem resumida: isso forçaria Mariano Rivera a rebater, já que Hairston era o rebatedor designado e acabou entrando em campo para defender. Aí, o técnico teve que sacar Rivera mais cedo, colocar o pitcher David Robertson para arremessar e botar um rebatedor designado no lugar de Rivera. É uma zona, né?

A bagunça foi tão grande que nem Paulo Antunes, tremendo conhecedor do jogo, se deu conta. Tanto que estava lá esperando a volta de Rivera na 11ª entrada. Outro que não entendeu direito o que estava acontecendo foi Chone Figgins: “Eu pensei que ele (Mariano Rivera) fosse voltar”.

Em defesa própria, o técnico alega que Rivera não voltaria para a 11ª entrada de um jeito ou de outro. Mentira, já que ele tinha feito apenas 17 arremessos, mesmo número de arremessos do jogo anterior. E tinha braço para mais, como deixou claro em 27 jogos ao longo da temporada.

Isso sem falar no pé-frio de um sujeito que manda o corredor designado roubar uma base, o cara é eliminado e logo no arremesso seguinte vem um home-run. Se o maldito corredor ficasse quietinho por mais um arremesso, agora o Yankees teria 3 a 0 na série contra o Angels.

Olhe bem fundo nos olhos dele e responda: O sujeito sabia o que estava fazendo?

Olhe bem fundo nos olhos de Joe Girardi e responda: o sujeito sabia o que estava fazendo?

Autor: Tags: , , , , , ,

segunda-feira, 19 de outubro de 2009 MLB - Beisebol, NFL - Futebol Americano | 11:30

Phillies x Yankees?

Compartilhe: Twitter

Caso se confirme o duelo que está pintando nas World Series, será uma disputa e tanto. Faz tempo que a final da MLB não coloca frente a frente duas equipes tão fortes. É só dar uma olhada no retrospecto recente. A última vez que a decisão chegou a sete jogos foi em 2002. De lá pra cá, uma série de seis jogos em 2003, seguida por três 4 a 0 e dois 4 a 1.

Claro, ainda falta muita água para rolar debaixo da ponte. O Yankees penou pra superar o Angels em casa, e o Phillies não fez nada além de inverter e sustentar o mando de campo (fora os humilhantes 11 a 0 de ontem, claro). Mas os dois times são realmente mais fortes que seus adversários. Podem até tropeçar, mas seria uma baita surpresa.

100% de aproveitamento
Outro dia falei aqui sobre os times ainda invictos na NFL. Apostei no NY Giants como um dos últimos times que perderiam. Errei, pra variar. O Giants levou uma piaba do Saints no domingo. Resta o Colts, minha segunda aposta. Broncos, Vikings e Saints também não perderam nenhuma vez ainda.

Aproveitando a deixa, segue uma fotinho do jogo entre Tennessee Titans e New England  Patriots. Em primeiro lugar porque adoro jogos na neve. Não tive a chance de ver esse aí, então publico a foto pra compensar. Em segundo, pra que vocês reparem no uniforme do Titans, réplica do usado pelo Houston Oilers, antigo nome da equipe.

Tennessee Titans 0 x 59 New England Patriots: a surra da rodada

Tennessee Titans 0 x 59 New England Patriots: a surra da rodada

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 15 de outubro de 2009 MLB - Beisebol | 18:53

Anote na agenda

Compartilhe: Twitter

Aí vão os horários dos jogos das finais de liga da MLB. Como eu disse antes, todos eles serão transmitidos pela ESPN. Vou aproveitar a deixa pra prestar um serviço: o horário de verão no Brasil começa dia 18 de outubro. Isso aumenta para 2 horas a diferença entre nosso fuso horário e o fuso do Leste dos EUA. Já o horário de verão dos norte-americanos termina no dia 1º de novembro, e aí a diferença vai saltar pra 3 horas.

Yankees x Angels
Jogo 1: 16/10 – 20:57
Jogo 2: 17/10 – 20:57
Jogo 3: 19/10 – 18:13
Jogo 4: 20/10 – 21:57
Jogo 5: 22/10 – 21:57
Jogo 6: 24/10 – 18:13
Jogo 7: 25/10 – 22:20

Dodgers Phillies
Jogo 1: 15/10 – 21:07
Jogo 2: 16/10 – 17:07
Jogo 3: 17/10 – 21:07
Jogo 4: 19/10 – 22:07
Jogo 5: 21/10 – 22:07
Jogo 6: 23/10 – 22:07
Jogo 7: 24/10 – 22:07

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última