Publicidade

Posts com a Tag lockout

segunda-feira, 30 de maio de 2011 NFL - Futebol Americano | 17:37

JOGADORES SE MANTENDO “OCUPADOS” DURANTE LOCKOUT DA NFL

Compartilhe: Twitter

É engraçado, outro dia eu estava vendo uma entrevista com o linebacker do Baltimore Ravens, Ray Lewis, e ele disse que achava que a criminalidade ia subir bastante caso não acontecesse a temporada da NFL por causa do lockout. Segundo Ray-Ray, o pessoal ia ficar ‘entediado’ e ‘sem nada o que fazer’. Bom, eu não sei se é por aí, mas uma coisa eu falo. Os jogadores já estão fazendo a sua parte!! Impressionante como os atletas sempre atraem encrencas. Aqui está uma lista de bons moços que já entraram em atrito com a lei durante esse lockout da NFL.

Garrett Wolfe

O nosso querido ex-Chicago Bears decidiu ir curtir uma noitada em Miami no último dia 22 e não quis pagar a conta (1.600 dólares).  Quando a polícia chegou ele resistiu ser preso e fisicamente agrediu um policial (ai, ai).  Wolfe foi acusado de roubo, agredir um policial e resistir à prisão.  Que bom.

Johnny Jolly

O Jolly ‘Green Giant’ foi preso no dia 25 de março depois de ser pego com 600 gramas de codeína no carro.  Tem gente que não aprende!  Jolly já tinha sido suspenso pela NFL por uso de codeína.  Agora ele foi acusado de posse ilegal de substâncias proibidas com a intenção de distribuir.  Boa sorte voltando pra NFL, gigante verde!

Mario Henderson

Nunca é bom dirigir com o som muito alto.  Se você discordar, é só perguntar para o Mario Henderson, ex- jogador do Oakland Raiders. Henderson foi parado por estar guiando com o som alto suficiente pra estourar seu tímpano.  Depois de ser parado, descobriram que ele estava carregando uma arma.  Hello cadeia!

Aqib Talib

Talib se entregou no final de março depois de ter atirado no namorado da irmã.  Ainda bem que ele errou!  Mesmo assim, Talib deve cumprir uma pena na cadeia e em breve tudo indica que será dispensado do Tampa Bay Bucs.  Que pena, Talib é um ótimo jogador.

Mike Vrabel

Mike Vrabel foi pego roubando de um cassino da flórida e foi fichado no dia 4 de abril.  Ele disse que foi tudo um mal-entendido.  Tá bom.

Jason Peters

Jason foi conhecer as cadeias de Shreveport, Louisiana depois de resistir à prisão.  Jason estava com o som acima dos decibéis permitidos pela cidade e foi embora no camburão.

Brian Mccan

Mccan jogou tão bem no final do ano passado.  Pena que quando ele tira o uniforme ele joga bem mal.  É ilegal ficar embriagado em público nos Estados Unidos.  Mccan não sabia e foi levado preso.  O incidente aconteceu no dia 19 de março em Dallas.

Chris Cook

Cook foi preso em Virginia por supostamente apontar um revólver para o seu vizinho.  Cook falou que apenas gritou com o sujeito, que segundo Cook, o provocou.  O atleta dos Vikings falou que em nenhum momento mostrou sua arma.  Pergunta:  Por via das duvidas, não seria legal se desfazer da sua arma, Mr.Cook?

William Moore

William foi parado por dirigir acima do limite da velocidade.  O negócio piorou quando descobriram que ele estava sem carteira.  William foi ordenado a aparecer diante do juiz pra se explicar.  O problema é que ele não compareceu à audiência.  Parabéns.

Kenny Britt

Kenny foi fichado no início de abril depois de fugir e mentir pra polícia.  Ele também foi acusado de obstrução de justiça.  O jogador estava trafegando acima da velocidade permitida quando foi abordado por um policial.  Inspirado por “Velozes e Furiosos” Britt pisou fundo e tentou fugir.  Logo em seguida ele foi pego numa rua lateral com o carro estacionado.  Britt estava fugindo do carro e quando foi pego disse que não era o condutor do veículo (depois ele admitiu que era).  Britt é um dos melhores wide receivers da liga.  Seria bom se ele pudesse ficar longe dos problemas.

Esses atletas têm jeito?  Qual deveria ser a conduta dos times perante essas situações?

Autor: Tags: ,

terça-feira, 17 de maio de 2011 NFL - Futebol Americano | 17:21

EVOLUÇÃO NAS CONVERSAS PARA ACABAR COM O LOCKOUT DA NFL

Compartilhe: Twitter

A NFL, donos e os representantes dos jogadores se reuniram hoje para mais um dia de conversas mediadas pelo juiz, Arthur Boylan. Depois de mais de dois meses do lockout, parece que estamos conseguindo enxergar uma luz no final do túnel. Ela está fraca e ainda pisca, mas pelo menos está visível. Como expliquei ontem aqui no blog, ninguém vai querer dar um braço a torcer antes da audiência do dia 3 de junho. Porém, hoje tivemos um ótimo sinal. Os donos dos times apresentaram uma NOVA proposta aos jogadores. Uma proposta que, segundo Michael Hausfeld, advogado dos atletas, “provavelmente não é aceitável, mas claramente abre diálogo.” Isso representa uma evolução nas conversas e traz otimismo. Jeff Pash, principal negociador da NFL, saiu da sessão satisfeito, “tivemos uma boa conversa hoje.” Detalhes do que foi discutido não são revelados.

Os dois lados pretendem se reunir novamente no dia 7 de junho. Se algo não for resolvido, e se a decisão ficar por conta da justiça, tudo indica que o lockout não acabará. Isso porque os três juízes que decidiram reverter a decisão de Susan Nelson e ficar com o lockout, vão presidir a audiência do dia 3 de junho. Parece que o único jeito que teremos a NFL esse ano será se os donos e jogadores chegarem a um acordo. Com o que aconteceu hoje, pelo menos há esperança. Vamos torcer.

Confira meu post anterior sobre o lockout: http://esportesamericanos.ig.com.br/2011/05/16/donos-e-jogadores-voltam-a-conversar-sobre-o-lockout-da-nfl/

Autor: Tags:

segunda-feira, 16 de maio de 2011 NFL - Futebol Americano | 17:00

DONOS E JOGADORES VOLTAM A CONVERSAR PARA TENTAR COLOCAR UM FIM NO LOCKOUT DA NFL

Compartilhe: Twitter

Eu não estou esperançoso e acho que você também não deveria ficar.  De qualquer jeito, os jogadores e proprietários dos times da NFL voltaram a conversar nessa segunda-feira.  Os dois já tentaram resolver suas diferenças e chegar a um novo acordo coletivo de trabalho, mas sem sucesso.  O grande impasse continua sendo o que fazer com os 9 bilhões de dólares que a liga fatura anualmente.  A conversa de hoje será mediada por um juiz, Arthur Boylan.

Acho um bom sinal os dois lados se reunirem novamente porque mostra que ambos querem uma solução e sabem que esse lockout não ajuda ninguém.  O problema é que ambos já se reuniram por um total de 20 dias e nada foi resolvido.  Depois disso, o caso foi para o tribunal com os jogadores processando os proprietários. A juíza Susan Nelson foi no lado dos jogadores e decidiu acabar com o lockout.  A NFL entrou com um recurso de apelação pedindo a volta do lockout.  Os tribunais decidiram voltar temporariamente com o lockout até decidirem no recurso de apelação apresentado pela NFL.  A audiência está agendada para o dia 3 de junho.  Uma decisão final só deve acontecer em julho.  Se a liga vencer, proprietários e jogadores voltam a mesa de negociação até decidirem num novo acordo trabalhista e a temporada possivelmente será cancelada.  Se os jogadores levarem a melhor, a temporada acontece com ou sem um novo acordo coletivo.

Eu sinceramente acho difícil os dois lados se conciliarem antes de uma decisão final do tribunal.  Os jogadores já viram que podem ganhar no tribunal depois da decisão da Susan Nelson.  Porque vão querer negociar?  Os proprietários também já receberam um bom sinal com a volta temporária do lockout.  É possível que nenhum lado queira se comprometer antes da decisão final da justiça.  A situação é complicada.

Agora, esperar até julho tem suas desvantagens também.  É nesse mês que o training camp (treinos intensos) começa já visando a pré-temporada, que inicia em agosto.  A NFL tem um mar de free agents que ainda procuram novos clube.  O período de free agency geralmente começa em março.  Agora ele pode começar em julho!  Seria um caos e a NFL possivelmente atrasaria o inicio da temporada para poder encaixar tudo.  Vamos torcer para que algo aconteça e rápido.

O que acham?  Será que os dois lados conseguem chegar a um acordo??

Autor: Tags:

terça-feira, 26 de abril de 2011 NFL - Futebol Americano | 14:55

DECISÃO JUDICIAL PARA ACABAR COM O LOCKOUT DA NFL É APENAS O PRIMEIRO PASSO

Compartilhe: Twitter

Susan Richard Nelson, Juíza do Distrito de Minnesota, EUA

Tem muita gente comemorando o fim do lockout da NFL como se isso garantisse que a temporada de 2011 acontecesse.  Esse não é necessariamente o caso.  Ontem, a juíza Susan Nelson….emitiu um mandado para acabar imediatamente com o lockout.  Fazia quase um mês e meio que a NFL estava paralisada.  Jogadores não tinham permissão de treinar nos Centro de Treinamentos dos clubes, Times não podiam negociar novos contratos com seus atletas ou free agents.  Enfim, as operações da NFL estavam brecadas.  Jogadores e donos tiveram muito tempo pra negociar e não conseguiram chegar a um novo acordo trabalhista.  Por isso, o caso foi para o tribunal com os jogadores processando os donos e alegando que os proprietários estariam se juntando pra acabar com a competição no mercado, prejudicando os atletas econômicamente.  Isso seria ilegal diante das leis “anti-trust” dos Estados Unidos.  Os atletas queriam um mandado pra acabar com o lockout e ele veio, mas esse é apenas um primeiro passo.

Primeiro que a NFL vai entrar com um recurso de apelação pra tentar reverter a decisão da juíza.  Pode ter certeza que durante esse processo todo, pouca coisa vai acontecer.  A NFL quer tudo brecado até o fim do apelo.  Hoje alguns atletas tentaram entrar nos CTs de seus respectivos times e as portas não estavam trancadas.  A entrada foi permitida mas eles não puderam usar os equipamentos.  O que adianta, né?  O fato é que mesmo com o fim do lockout ainda não temos um novo acordo trabalhista.  Qual é o teto salarial??  Quais são dos direitos dos free agents? O que acontece se um jogador se machuca durante um treinamento no CT?  Quem é responsável?  Ninguém sabe!  É complicado continuar com as operações normais da liga sem um novo acordo trabalhista.  A NFL está esperando pra agir só depois do resultado de seu apelo.  Mesmo assim, o mandado foi dado e sobe a lei as operações deveriam continuar normalmente.  A NFLPA (Associação dos Jogadores) fala que a NFL está quebrando a lei e ignorando a decisão do tribunal.  Que caos!

O que o apelo vai definir?  Se ele for negado, as operações normais da liga serão retomadas imediatamente.  A NFL terá que formatar algumas regras referentes a movimentação dos atletas, etc., já que não há nenhum acordo trabalhista.  Isso garantiria que teríamos a temporada de 2011!  Se o recurso for aprovado, o lockout volta e continuaremos nesse impasse até os donos e jogadores chegarem num novo acordo trabalhista, algo que está parecendo cada vez mais improvável.

Vamos torcer para o fim do lockout!

Autor: Tags: ,