Publicidade

Posts com a Tag greve

segunda-feira, 14 de março de 2011 NFL - Futebol Americano | 17:06

NFL EM GREVE PELA PRIMEIRA VEZ DESDE 1987…E AGORA?

Compartilhe: Twitter

Depois de uma semana viajando de navio pela costa brasileira estou de volta.  Pena que ao voltar recebi uma notícia nada agradável: A NFL está em greve.  O esporte mais popular dos Estados Unidos está parado depois de muitas horas de negociações entre jogadores e os donos dos times.  Como eu já tinha postado, o grande impasse era o que fazer com os nove bilhões de dólares que a NFL tem de lucro anual. No ano passado, os jogadores ficaram com 4,8 enquanto os donos receberam 4,2.  Os proprietários quiserem um ajuste, mas um acordo não aconteceu.  Os dois lados até que negociariam, mas exatamente 185 milhões de dólares separaram ambos de chegarem a um novo contrato.

Eu admito que estava bem otimista em relação às negociações depois que a NFL concedeu duas extensões no prazo preestabelecido para acabar com esse impasse.  O primeiro prazo era até o dia 3 de março.  A NFL mudou de ideia duas vezes dando mais 24 horas (dia 4) e depois mais sete dias (dia 11).  Agora, como já especulávamos, o caso vai para o tribunal.

O QUE ISSO SIGNIFICA?

Os jogadores não têm mais um sindicato.  A NFLPA (Associação dos jogadores) foi dissolvida e não representa mais os atletas.  Com o sindicato, leis trabalhistas são aplicadas nas negociações. Agora, os atletas vão levar os donos ao tribunal e entrarão com um processo citando a violação da lei “anti-trust”(jogadores só podem processar na lei “anti-trust” SEM um sindicato).  Essa lei proíbe qualquer comportamento anti-competitivo (monopólios).  Atos que ferem a competição no mercado são ilegais.  Os jogadores vão falar que os donos estão se juntando (formando um monopólio) pra ferir o mercado.  Ou seja, os donos estariam se unindo pra prevenir os jogadores de ganhar mais dinheiro.  Isso, segundo os atletas, seria injusto.

Os jogadores Peyton Manning, Drew Brees, Tom Brady, Logan Mankins, Mike Vrabel, Vincent Jackson, Ben Leber, Osi Umenyiora, Brian Robison e o universitário Von Miller (que vai entrar no próximo draft) já falaram que seriam os queixosos no processo contra os donos.

O BOM E RUIM DE TUDO ISSO

O bom é que provavelmente teremos uma resolução.  Não há mais negociações.  O que o tribunal decidir é o que vai acontecer e ponto.  O ruim, é que o processo pode levar um bom tempo.  O tribunal pode chegar a uma decisão, mas sempre há um recurso de apelação que atrasa ainda mais o processo. Lembrando que durante a greve, times não têm contato com seus jogadores e todos os treinamentos são cancelados.  Eu sei que a temporada só começa em setembro, porém os preparativos já começam em março com a contratação de free agents, etc.

O COMISSÁRIO ROGER GOODELL MUDA SEU SALÁRIO

De 10 milhões anuais para 1 dólar anual.  Esse será o novo salário do comissário Roger Goodell!  Impressionante, né?  (Mas não precisam fazer nenhuma vaquinha pois eu garanto que ele tem um bom dinheirinho guardado).

Em janeiro Goodell e o advogado da liga, Jeff Pash, estavam tão confiantes que uma greve seria evitado que falaram que mudariam seu salário caso isso não aconteceria. Agora, os dois vão ter que lidar com 9 centavos por mês.

Se a greve continuar até Agosto outros funcionários de liga também terão de lidar com reduções salariais de 5 a 25%.  Os times também terão de tomar suas providencias.  O Kansas City Chiefs falou que seus funcionários encarariam uma redução de até 10% mas ninguém seria mandado embora.  O New York Jets pretende reduzir o salário dos treinadores (incluindo Rex Ryan) e o general manager Mike Tannenbaum por 25%.  A boa noticia para todos esses funcionários é que eles receberão todos os salários perdidos SE A TEMPORADA DE 2011 ACONTECER NA INTEGRA.

Será que temos uma luz no final do túnel?????

Autor: Tags: ,

sexta-feira, 4 de março de 2011 NFL - Futebol Americano | 02:44

DONOS E JOGADORES RECEBEM MAIS 24 HORAS PRA TENTAR EVITAR A GREVE

Compartilhe: Twitter

O comissário da NFL, Roger Goodell (lado esquerdo), espera evitar a greve

Temos um novo prazo.  A NFL decidiu conceder mais um dia para que os donos e jogadores pudessem chegar a um novo acordo trabalhista e tentar evitar uma greve.  A liga decidiu fazer isso depois de um dia positivo de negociações.  O antigo prazo do dia 3 de março foi estabelecido meses atrás e essa extensão mostra que o negócio está andando, pelo menos um pouco.  Isso é uma ótima noticia pro torcedor, mas é importante dizer que os dois lados ainda estão longe de chegarem a um acordo.  Vonnie Holliday, jogador dos Redskins, disse que do jeito que andam as coisas, seria mais fácil “tirar um coelho da cartola” do que fechar um novo acordo até amanhã.

Como eu já expliquei no post anterior ( http://esportesamericanos.ig.com.br/2011/03/03/nfl-se-prepara-para-sua-primeira-greve-desde-1987/ ) os donos e jogadores estão batendo de frente em vários assuntos.  Ninguém sabe os detalhes das negociações. pois os dois lados não têm a permissão de divulgar qualquer coisa. O que sabemos é que existe a possibilidade do sindicato dos jogadores dissolver.  Com o sindicato, leis trabalhistas são aplicadas nas negociações.  Sem o sindicato, atletas levariam os donos ao tribunal e entrariam com um processo citando a violação da lei “anti-trust”.  Essa lei proíbe qualquer comportamento anti competitivo (monopólios).  Atos que ferem a competição no mercado são ilegais.  Os jogadores poderiam falar que os donos estariam se juntando (formando um monopólio) pra ferir o mercado.  Ou seja, os donos estariam se unindo pra prevenir os jogadores de ganhar mais dinheiro.  Isso, segundo os atletas, seria injusto.

Se isso acontecer, os jogadores Peyton Manning, Drew Brees, Tom Brady, Logan Mankins, Mike Vrabel, Vincent Jackson, Ben Leber e Brian Robison já falaram que seriam os queixosos no processo contra os donos.

Mais um dia de negociações!  Vamos aguardar o próximo pronunciamento da liga.

Autor: Tags: ,

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010 NBA - Basquete | 22:41

Greve na NBA?!

Compartilhe: Twitter

Antes de mais nada, o Yahoo acertou em cheio. Os reservas do All-Star Game são mesmo aqueles. Aliás, nesse tipo de furo jornalístico, em Esportes, raramente ocorre erro. A não ser que o “furo” venha do Marca ou do As, da Espanha. Aí é furada.

Mas quero mesmo é falar sobre algo que li há pouco no ESPN.com. Ao final da próxima temporada da NBA termina o acordo salarial entre a liga e o sindicato dos atletas. E, dizem, os donos de equipe querem “uma redução imensa nos salários dos jogadores”. Vem briga pela frente.  Alguns times, aliás, já estão economizando para o caso de pintar uma greve. Só faltava essa…

Fechando o dia, uma dica: Fábio Sormani comenta as suspensões até o final da temporada de Gilbert Arenas e Javaris Crittenton, do Washington Wizards. Duas tremendas bestas.

Autor: Tags: , , , , ,