Publicidade

Posts com a Tag Brett Favre

quinta-feira, 18 de novembro de 2010 NFL - Futebol Americano | 02:02

8 COISAS QUE FICARAM MAIS CLARAS DEPOIS DA DÉCIMA RODADA DA NFL

Compartilhe: Twitter

Os Patriots estão vindo com tudo!

.

.

8. Roddy White melhora a cada dia.

Roddy White marcando o TD da vitória contra os Ravens

O wide receiver dos Falcons está fazendo tudo em Atlanta. Na semana passada, ele marcou o touchdown da vitória contra o Baltimore Ravens nos últimos segundos do jogo. White era dúvida pro jogo por causa de uma contusão no joelho. Mesmo assim, ele agarrou 12 bolas para 138 jardas contra a excelente defesa dos Ravens. White é o líder da NFL com 70 recepções e o segundo melhor com 934 jardas. Os Falcons têm a melhor campanha da NFL (7 e 2).

7. Os Colts estão com problemas.

o técnico, Jim Caldwell.

Eu sei que Peyton Manning é um gênio, mas o negócio tá complicado em Indianapolis. Os Colts estão sofrendo com muitas contusões. Dallas Clark, Austin Collie, Joseph Addai, Anthony Gonzalez, Melvin Bullit, Bob Sanders e vários outros estão fora de ação. Assim fica difícil. No domingo,  ataque não fez nada, somando apenas 256 jardas. Peyton Manning não lançou um TD. Os Colts só venceram os Bengals (em casa) porque forçaram 5 turnovers.  Agora…uma coisa é interessante.  Jacob Tamme (tight end que está substituindo Dallas Clark) tem 24 recepções nos últimos 3 jogos. Nos 24 jogos anteriores, ele somou apenas 6 recepções. Bem-vindo ao mundo de Peyton Manning, meu querido!

6. Os Vikings precisam renovar.


A situação tá preta em Minnesota.  Ninguém gosta do técnico Brad Childress (vários jogadores, que não quiserem ser identificados, falaram que ele deveria ser demitido) e Brett Favre está jogando como se fosse um vovô (calma aí, eu acho que ele já é…literalmente).  O QB é o líder da NFL com 16 interceptações (ele lançou 7 no ano passado).  A boa notícia é que ele já avisou que não volta mais em 2011 (dessa vez eu acredito…é sério) e é uma questão de tempo para o Childress ser mandado embora.  Os Vikings começaram o ano com o pé esquerdo (contusões de Percy Harvin e Sidney Rice, e a volta tardia de Brett Favre) e ainda não se recuperaram.  A equipe tem apenas três vitórias no ano e ainda não venceu fora de casa (0 e 5).

5. Os Lions e Rams estão QUASE chegando.

Shaun Hill tenta um passe contra os Bills.

Coitado dos Lions, que têm sofrido bastante com as contusões de Matthew Stafford.  O time perdeu mais uma na semana passada, dessa vez para os Bills por 14 a 12.  Os Lions têm 7 derrotas no ano.  O interessante é que, dessas sete, quatro foram decididas por 3 pontos ou menos!!  Os Lions poderiam estar com 6 vitórias.  A defesa está jogando bem melhor esse ano, e se ( e esse é um grande “se”) Matthew Stafford conseguir ficar em pé e longe das trombadas, esse time tem tudo pra ser relevante em breve.

Danny Amendola comemora um touchdown

A mesma coisa  está acontecendo com os Rams.  St.Louis está um jogo atrás do líder, Seahawks, com uma campanha de quatro vitórias e cinco derrotas.  Dessas cinco derrotas, quatro foram decididas por até quatro pontos de diferença.  Os Rams poderiam ter assumido a liderança da divisão, mas perderam na prorrogação no último domingo contra os 49ers, 23 a 20. A boa notícia pro St.Louis é que o clube joga na pior divisão da NFL (NFC Oeste) e ainda tem chances concretas de chegarem aos playoffs.

Os Rams venceram apenas um jogo em 2009 e poderiam estar com 8 vitórias esse ano. Uma evolução sensacional!!   A defesa foi de quarta pior (no ano passado) para a décima segunda melhor em 2010! Além disso, os Rams estão bem encaminhados com o quarterback Sam Bradford.  O calouro tem um brilhante futuro pela frente.  Nessa temporada, Bradford soma 12 TDs e 8 interceptações (ótimos números por um calouro).

4. Cuidado com o Philadelphia Eagles.

Michael Vick teve uma noite histórica contra os Redskins

Muita incerteza cercava o Philadelphia antes do início da temporada.  A defesa contava com vários novos titulares e a saída de Donovan Mcnabb era preocupante.  Meses depois…a casa está muito bem arrumada, muito obrigado!   Nate Allen (safety, calouro) está tendo uma temporada sensacional e a defesa continua forte.  O ataque sentiu a ausência de Donovan Mcnabb…e bastante.  O ataque anda se sentindo BEM melhor esses dias na Philadelphia.  O motivo é simples: Michael Vick!  Vick está levando esse time à alturas que ninguém achava que as “águias” poderiam alcançar.  Vick tem 11 TDs e nenhuma interceptação.  Ele é o grande favorito a vencer o prêmio de MVP da NFL.  Depois da vitória convincente em cima dos Redskins por 59 a 28, os Eagles estão empatados com os Giants na liderança da NFC EAST.

3. Os Cowboys tem um coração!

Jason Garrett aplaude Jon Kitna depois de uma grande jogada.

Aleluia! Os Cowboys não estão mortos. Depois de uma atuação pífia na semana retrasada, o time de Dallas mostrou bastante garra ao vencer o NY Giants fora de casa. É impressionante como uma mudança de técnico mexe com um time.  No jogo contra os Packers, o time estava entregue.  No último domingo, os Cowboys renasceram das cinzas!  O time jogou “grande”, atuou com confiança.  Foi muito bom de ver.  Veremos se Jason Garrett (novo treinador) vai conseguir manter o time focado até o final da temporada.

2. O Miami Dolphins não está morto.

Tyler Thigpen entrou bem no último domingo.

Os Dolphins tiveram um dia “interessante” no último domingo contra os Titans.  A equipe venceu em casa pela primeira vez no ano, mas perdeu dois e possivelmente 3 jogadores importantes.  Chad Pennington, que começou seu primeiro jogo na temporada, se machucou na segunda jogada da partida e não volta mais em 2010.  Chad Henne, o reserva de Pennington, também se contundiu e ninguém sabe quando ele voltará.  Pra piorar, Jake Long (melhor left tackle da NFL, na minha opinião) deslocou o ombro vai precisar de uma cirurgia.  Long vai tentar jogar o restante da temporada no sacrifício.  Isso é um grande risco e pode afetar o restante da carreira do jogador.

Enfim, o momento é de muita incerteza para os Dolphins.  O que traz um pouco de otimismo, é que o ataque operou bem sobe o comando do terceiro QB, Tyler Thigpen.  Thigpen conduziu uma campanha pra touchdown de 85 jardas no finalzinho, pra garantir a vitória por 29 a 17.   O jogador mostrou habilidade atlética e um bom braço.  Eu falo que nem tudo está “perdido” em Miami, por que acho que Thigpen não é um tipico “quarterback número 3”.  Geralmente, o terceiro QB é extremamente imaturo, jovem e fraco.  Thigpen é jovem (26 anos) mas tem experiência.  Ele começou 11 jogos para os Chiefs em 2008 e lançou para 18 TDs.  Ele arrisca bastante (o oposto do robótico Chad Henne).  Isso é bom no sentido que o time fica menos previsível e é bem mais agradável de ver.  Por outro lado, é ruim porque, com riscos, vêm consequências (turnovers).

O fato é que o ataque não estava funcionando com Chad Henne.  Tony Sparano estava precisando de uma “injeção de ânimo” na posição de QB.  Será que Thigpen vai ser a resposta?

1. Love the Patriots!

Bill Belichick passando instruções.

O New England Patriots é um timão.  Nenhum time é mais profissional ou melhor preparado, do que o clube de Bill Belichick.  Depois de sofrer uma lavada dos Browns, os Patriots voltaram com tudo no último domingo e amassaram os Steelers, em Pittsburgh.  Tom Brady agora soma seis vitórias e uma derrota na carreira contra o Pittsburgh.  Brady lançou para 350 jardas e 3 TDs contra uma das melhores defesas da NFL.  Existem times que não têm medo de nada, que sempre têm a expectativa de vencer e  nunca se abalam.  Eles viajam para estádios hostis e crescem.  Pra mim,  o New England Patriots é um exemplo perfeito desse tipo de time.  Desde 2003, a equipe chegou a perder jogos seguidos apenas duas vezes.

Bill Belichick está trabalhando com uma defesa recheada de jogadores inexperientes.  O grupo tem cedido muitas jardas, é verdade, mas vem evoluindo a cada semana.    O ataque não tem mais Randy Moss, e Wes Welker, ainda não está 100% depois de sofrer uma contusão grave no joelho em 2009.  Mesmo assim, o grupo está produzindo.  Ele não tem uma grande ameaça no jogo vertical, mas agora os tight ends estão arrasando no jogo intermediário.  Rob Gronkowski e Aaron Hernandez foram seleções ótimas no último draft.  No jogo terrestre, Ben Jarvus Green-Ellis e Danny Woodhead apareceram do nada e estão contribuindo MUITO. Enfim, esse time é um “osso duro de roer” para os oponentes.

O que acham??

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 16 de setembro de 2010 NFL - Futebol Americano | 19:20

A BOLA DE CRISTAL JÁ TEM AS PREVISÕES PARA A SEGUNDA RODADA DA NFL

Compartilhe: Twitter

A bola de cristal está de volta depois de um bom desempenho na semana passada!  A nossa querida bolinha acertou 12 de 16 palpites incluindo o placar de Jacksonville Jaguars 24 x Denver Broncos 17.  Com uma campanha de 12 e 4, A pelotinha cristalina (eu preciso de uma sugestão de nome para a bola de cristal, please) busca mais uma semaninha bem-sucedida.

Aqui estão os acertos e erros da semana passada, e as previsões para a segunda rodada!!

12 acertos, 4 erros

1. New Orleans bate Minnesota. Acerto

Aposta de MVP = Tracy Porter.

Resultado= A defesa dos Saints foi o destaque da partida mas não necessariamente Tracy Porter.

2. Tampa bate Cleveland. Acerto

Aposta de MVP: Josh Freeman.

Resultado: O segundo-anista teve dois passes para touchdown.

3. Jacksonville bate Denver. Acerto

Aposta de MVP: Maurice Jones- Drew.

Resultado: Drew correu para 98 jardas mas o destaque foi David Garrard.

4. Houston bate Indianapolis. Acerto

Aposta de MVP: Matt Schaub

Resultado: Arian Foster foi o melhor jogador em campo com 231 jardas terrestres.

5. Tennessee bate Oakland. Acerto

Aposta de MVP: Chris Johnson

Resultado: Chris Johnson mandou no jogo com 142 jardas terrestres e um TD de 76 jardas.

6. Miami bate Buffalo. Acerto

Aposta de MVP: Brandon Marshall

Resultado: Marshall foi o destaque do ataque, mas a defesa dos Dolphins fez a diferença.

7. New York Giants bate Carolina. Acerto

MVP: Eli Manning

Resultado: Manning jogou bem mas Hakeem Nicks foi o cara da partida com 3 TDs.

8. Chicago bate Detroit. Acerto

Aposta de MVP: Johnnie Knox

Resultado:  Matt Forte foi o grande jogador dos Bears.

9. New England bate Cincinnati. Acerto

Aposta de MVP: Tom Brady

Resultado: Brady teve uma partida fantástica com 3 TDs e nenhuma interceptação.

10. Pittsburgh bate Atlanta. Acerto

Aposta de MVP: Troy Polamalu

Resultado: A defesa dos Steelers dominou os Falcons e Polamalu conseguiu uma interceptação.

11. Green Bay bate Philadelphia. Acerto

Aposta de MVP: Aaron Rodgers

Resultado: Rodgers lançou duas interceptações.  Clay Matthews teve 3 sacks.

12. St.Louis bate Arizona. Erro

Aposta de MVP: Sam Bradford

Resultado: Bradford lançou três INTs.  Steve Breaston foi o melhor jogador em campo com 7 recepções e 132 jardas.

13. San Francisco bate Seattle. Erro

Aposta de MVP: Frank Gore

Resultado: Gore não jogou nada.  A defesa dos Seahawks dominou.

14. Dallas bate Washington. Erro

Aposta de MVP: Tony Romo

Resultado: Deangelo Hall teve a jogada da partida, retornando um fumble para TD.

15. New York Jets bate baltimore. Erro

Aposta de MVP: Darrelle Revis

Resultado: Revis marcou Derrick Mason muito bem.  Porém, Anquan Boldin foi chave para a vitória dos Ravens.

16. Kansas City bate San Diego. Acerto

Aposta de MVP: Jammal Charles

Resultado: Charles foi chave.  Ele teve um TD lindo de 56 jardas que ajudou os Chiefs a conseguirem a vitória.

Previsões para a segunda rodada:


Tennessee Titans 17, Pittsburgh Steelers 6

MVP: Cortland Finnegan

Green Bay Packers 33, Buffalo Bills 3

MVP: Aaron Rodgers


Miami Dolphins 23, Minnesota Vikings 20

MVP: Karlos Dansby


Kansas City Chiefs 20, Cleveland Browns 17

MVP: Thomas Jones



Dallas Cowboys 24, Chicago Bears 6

MVP: Miles Austin



Atlanta Falcons 23, Arizona Cardinals 14

MVP: Matt Ryan


Carolina Panthers 20, Tampa Bay Bucs 10

MVP: DeAngelo Williams



Philadelphia Eagles 17, Detroit Lions 13

MVP: Michael Vick


Baltimore Ravens 17, Cincinnati Bengals 13

MVP: Ray Lewis



Denver Broncos 24, Seattle Seahawks 21

MVP: Knowshown Moreno



Oakland Raiders 31, St.Louis Rams 24

MVP: Darren Mcfadden



Houston Texans 23, Washington Redskins 21

MVP: Andre Johnson



New York Jets 20, New England Patriots 17

MVP: Shonn Greene



San Diego Chargers 26, Jacksonville Jaguars 17

MVP: Philip Rivers



Indianapolis Colts 34, New York Giants 20

MVP: Peyton Manning



New Orleans Saints 27, San Francisco 49ers 24

MVP: Drew Brees


O QUE ACHAM?? QUAIS SÃO AS SUAS PREVISÕES??

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

terça-feira, 24 de agosto de 2010 NFL - Futebol Americano | 12:59

UMA NOTÍCIA HORRÍVEL PARA O MINNESOTA VIKINGS

Compartilhe: Twitter


O Wide Receiver Sidney Rice vai desfalcar o Minnesota Vikings nos primeiros 8 jogos da temporada regular. O jogador, que não participou de nenhum treino do “training camp”, passou por uma cirurgia no quadril. O atleta foi aconselhado há algum tempo a passar pela cirurgia, mas ficou enrolando, buscando uma segunda opinião e esperando uma outra alternativa. Mas, foi inevitável, e agora os Vikings e Brett Favre vão ficar sem o seu melhor Wide Receiver por metade da temporada.

Rice foi ao Pro Bowl no ano passado, anotando 83 recepções, 1,312 jardas e 8 touchdowns. A temporada de 2009 foi, de longe, a melhor da carreira dele. O jogador foi o alvo favorito de Favre e agora o negócio vai complicar para o Minnesota. Rice, Visante Shiancoe e Percy Harvin foram os principais jogadores do ataque aéreo do Minnesota. Com Rice fora e Percy Harvin sofrendo de enxaquecas (uma condição crônica que começa a levantar a questão se isso pode encerrar a carreira dele) o ataque dos Vikes vai perder muita munição. Agora, as defesas vão poder se armar para marcar o Shiancoe. Algum outro jogador vai ter que aparecer! Será que esse atleta será Javon Walker? Eu acho que não. Walker, aparentemente, está a caminho de Minnesota para fechar um contrato. O jogador participou de apenas 11 jogos nas últimas duas temporadas com os Raiders e anotou 15 recepções. Walker tem apenas 31 anos e teve sua melhor temporada em 2004 quando anotou 89 recepções jogando no Green Bay. Mesmo assim, não creio que ele volte a ter números semelhantes com os Vikes.

A vida de Brett Favre pode ficar bem complicada sem Sidney Rice.

O ataque terrestre tem Adrian Peterson que é um dos melhores jogadores da liga. O problema é que ele tem sofrido de um caso sério de “fumblitis” (não se preocupe, não é nenhuma condição médica. É que ele não consegue segurar a bola mesmo). Com as contusões, Peterson vai ser simplesmente crucial. Sabemos que Favre é espetacular, mas também sabemos que ele lança muitas interceptações quando tem que resolver tudo sozinho. Peterson vai precisar ter a melhor temporada da carreira para o ataque não enfraquecer.

Peterson vai ter que correr muito para os Vikings não sentirem a ausência de Sidney Rice

Eu apontei o Minnesota como um dos favoritos na NFC. Esperávamos contar com a saúde de Harvin e Rice para o começo do ano. Isso não vai acontecer. Com Rice fora e Harvin sofrendo de uma condição crônica, eu acho que o caminho até o Super Bowl pode ficar interditado. Vamos ver se os Vikings conseguem sobreviver a primeira metade da temporada sem o seu melhor Wide Receiver.  Eu tenho minhas dúvidas.

E vocês?  O que acham?  Minnesota perde muito sem o Rice?

Autor: Tags: , , , , , ,

quarta-feira, 18 de agosto de 2010 NFL - Futebol Americano | 16:34

MILAGRES ACONTECEM: BRETT FAVRE ESTÁ DE VOLTA COM OS VIKINGS

Compartilhe: Twitter

Algumas semanas atrás o rumor era que Brett Favre não voltaria mais aos gramados. Segundo alguns funcionários do Minnesota Vikings, Favre tinha mandado um recado, por celular, dizendo que não jogaria em 2010 depois de 19 temporadas na NFL. Ha! Alguém acreditou?? Favre teve uma postura semelhante nos últimos dois anos, e aos 45 do segundo tempo decidiu voltar. A única diferença é que em 2008 e 2009 houve um pronunciamento oficial do jogador dizendo que estava se aposentado. Esse ano isso não ocorreu e agora Favre está de volta. Yahoooooo!

Anteontem, três jogadores dos Vikings foram visitar o vovô Favre em sua casa no estado de Mississipi. Ryan Longwell, Jared Allen e Steve Hutchinson tiveram uma noite de confraternização com Brett e convenceram o atleta a jogar em 2010. Favre já tinha avisado o clube que voltaria se estivesse 100% curado de uma contusão no tornozelo esquerdo que sofreu contra o New Orleans Saints na final da Conferência Nacional da temporada passada. Favre passou por uma cirurgia e aparentemente não se sentiu completamente saudável nos últimos meses. Ele voltou a falar com os médicos e tudo indicava que a idade já estava batendo na porto do Vovô Favre e que 2010 seria um ano de muita cerveja, pipoca e jogos de futebol americano…pela televisão.

Não há dúvida que a influência dos companheiros empolgaram Favre a voltar para mais uma temporada. O quarteto passou a noite junto e isso pesou. Favre voou para Minnesota ontem e já está em campo treinando com o clube. Um pronunciamento oficial deve acontecer ainda hoje.

A VOLTA DELE É BOM PARA OS VIKINGS?

Eu sinceramente acho que a volta do Favre é um Touchdown para o Minnesota. No ano passado, Favre lançou 33 TDs contra apenas 7 interceptações. Números excepcionais. Foi a primeira vez na carreira que ele terminou um ano com menos de 13 interceptações. Jogadores como Visante Shiancoe e Sidney Rice mudaram da água pro vinho com a liderança do mocinho de 40 anos. Favre é um líder dentro e fora de campo e a volta dele será muito bem vinda. Agora, se você me perguntar se eu acho que ele vai terminar com os mesmos números do ano passado, a resposta é não.  Eu não vejo isso acontecendo, e também acho que ele pode ter problemas físicos. Porém, não confio nos reservas Tarvaris Jackson e Sage Rosenfels. Jackson tem 21 passes para Touchdown na carreira, enquanto Rosenfels tem 30. Brett Favre é o líder de todos os tempos com 497. Uma pequena diferença, eu diria.

Agora, tem uma coisa. Esse será o último ano de Favre (eu acho que ele não vai ficar jogando a vida inteira, né?). Isso não é bom para o crescimento de Tarvaris Jackson, que era o QB titular dos Vikes antes da chegada de Brett. Ele ficou sentado o ano passado e esse ano provavelmente será a mesma coisa. A posição de quarterback é a mais difícil do futebol americano e o jogador precisa de repetições para melhorar. Por isso que eu acho que esse ano será crucial para os Vikings. Se Favre voltar e ganhar um Super Bowl, vai ser lindo pro Minnesota. Se ele não ganhar e logo depois definitivamente se aposentar, os Vikings vão ter que investir no Jackson em 2011. Um Jackson fora de rítmo com dois de banco sentado atrás de Favre.  Isso pode prejudicar o futuro dos Vikings.  Mesmo assim, a decisão ajuda (e muito) os Vikings em 2010.

E vocês?  O que acham?  Foi a decisão correta?

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 6 de agosto de 2010 MLB - Beisebol, NBA - Basquete, NFL - Futebol Americano | 14:32

O QUE DEU CERTO E ERRADO NOS ÚLTIMOS DIAS NA TERRA DO TIO SAM

Compartilhe: Twitter

Olá pessoal!  Me desculpe pela ausência dos últimos dois dias.  Eu estava viajando e falo com vocês agora de Sarasota na Florida.  Muitas coisas aconteceram nas últimas 72 horas.  Vamos falar do que deu certo e o que deu errado nos últimos dias na MLB, NBA e NFL.

CERTO

A-Rod finalmente bateu o Home Run de número 600!

Parabéns ao Alex Rodriguez.  O astro dos Yankees, e um dos melhores jogadores da história, se tornou o sétimo atleta a chegar a marca dos 600 quadrangulares na carreira.  A-Rod ficou preso nos 599 por alguns dias mas o momento histórico finalmente se concretizou na última quarta-feira contra o arremessador Shawn Marcum do Toronto Blue Jays.  Aos 35 anos, o jogador é o atleta mais jovem a chegar a marca histórica.  Babe Ruth (terminou a carreira com 714 HR) atingiu os 600 as 36 anos, mas levou menos partidas para chegar lá (2.004 vs. 2.227 do A-Rod).

Eu sei que muitos questionam o feito do A-Rod por ele ter admito o uso de anabolizantes quando jogava no Texas Rangers.  Eu não tenho dúvida que as substâncias ilegais o ajudaram atingir a marca.  Mas, mesmo sem os esteroides.  A-Rod teria chegado aos 600.  Ia demorar mais um ano, de repente, mas ia acontecer.  Quando entrou na liga no início da década de 90, Alex já era o garoto prodígio da MLB.  Um talento excepcional que nasceu pra jogar beisebol.  Antes dos 20 anos, ele já fazia uma parceria com Ken Griffey Jr. no Seattle Mariners que assustava muitos arremessadores. Na época, muitos já falavam que A-Rod tinha chances de chegar a 700 HRs!  Eu admiro A-Rod por ter encarado essa pressão logo cedo, e ter dado conta do recado durante sua carreira inteira.  Os outros 6 jogadores pelo menos 6oo são Sammy Sosa, Ken Griffey Jr., Willie Mays, Babe Ruth, Hank Aaron e Barry Bonds (líder com 762)

Shaq attack assina com os Celtics

Shaq agora só vai competir contra Kevin Garnett nos treinos do Celtics.

O negócio acaba de ficar um pouco mais engraçadinho em Boston.  E não por que o sempre cômico Shaquille O´Neal agora veste verde e branco (que por sinal é engraçado),  e sim, por que o Boston Celtics acaba de mudar seu nome para o Boston Abuelos.  Pra quem não sabe, “abuelo” significa “vovô” em espanhol.  Eu gostei da mudança. É bem apropriada sendo que os principais jogadores dos Celtics vão ter uma idade média de perto de 35 anos.  Paul Pierce tem 32, Garnett 34, Allen 35 e O´Neal 38.

Brincadeiras a parte, eu acho que a contratação foi muito boa.  É obvio que o jogador está no crepúsculo da carreira, mais acredito que ele ainda tenha gasolina (ou diesel no caso do Shaq) no tanque.  O homem dos 2´16 e 145 quilos é literalmente uma grande presença no garrafão.  E é justamente isso que o Boston precisa sendo que Kendrick Perkins só volta depois de fevereiro após passar por uma cirurgia no joelho esquerdo.  Os Celtics contrataram Jermaine O´Neal (jogador de 31 anos com 6 aparições no All-Star Game) para ser o titular, e o outro O´Neal (Shaq Daddy) para ser o reserva.  Boston foi massacrado nos rebotes na partida número 7 das Finais da NBA contra os Lakers, e um pivô de força vai ajudar a mudar isso.

Esse é o sexto time de Shaq.  Ele entrou na liga com o Orlando Magic em 1992 e também já atuou nos Lakers, Heat, Suns e no Cleveland Cavaliers.  No ano passado, o projeto de Shaq era, “win a ring for the king”.  Esse ano o lema poderia ser, “put a sting on the king, and win a ring with the Big Ticket”

Shaq traz 4 anéis de campeão no currículo.  Ele tem médias de 24,1 pontos e 11,1 rebotes por jogo.  No ano passado, O´Neal contribuiu 12 pontos e 7 rebotes por partida.

Shaquille foi recentemente convidado para o Show do Jimmy Kimmel e gostaria de compartilhar com vocês um trecho aqui no blog.  Engraçado.

ERRADO

Brett Favre

Brett Favre anteontem em Mississisippi lançado uma bola no Oak Grove High School. Será que ele está se preparando para a temporada? Nem ele sabe.

Eu jurei que não falaria mais de Brett Favre até começar a temporada da NFL.  Tá difícil, viu?  Terça-feira eu dei a notícia no programa Bate Bola da ESPN Brasil que, segundo o jornal de Minnesota, Minneapolis Star, Favre teria avisado funcionários dos Vikings que supostamente não voltaria mais para o time em 2010.  Eu enfatizei “supostamente”.  E ainda bem!  Por que no dia seguinte, saiu a notícia que Favre jogaria sim, se o tornozelo esquerdo o permitisse.  Favre passou por uma cirurgia no tornozelo em maio depois de se machucar na final de conferência contra o New Orleans Saints em janeiro.  Agora só resta esperar o tornozelo de Favre falar “sim” ou “não”.  Quando que isso vai ser, só Deus sabe.

A saga Brett Favre já virou um novela (antes era uma minissérie).  Essa já é a terceira vez que ele se aposenta.  Em 2008, ele anunciou que não voltaria mais e meses depois mudou de ideia e voltou a jogar com o New York Jets.  No ano passado, ele falou “chega” de novo e depois voltou com os Vikings.  Agora estamos há poucos dias do primeiro jogo do time na pré-temporada, e Brett Favre ainda não sabe o que faz da vida.  Que coisa chata!

É uma situação constrangedora para o Minnesota.  Os quarterbacks Tarvaris Jackson e Sage Rosenfels  seguem a vida como se Favre não fosse voltar.  Mesmo assim, fica complicado pro time começar a temporada sem saber quem será o titular na posição mais importante de todas.  O técnico Brad Childress falou depois da derrota em janeiro contra os Saints que Favre poderia tomar quanto tempo quisesse para chegar a uma decisão em relação a essa temporada.  Eu só acho que ele não esperava que seria TANTO tempo.  Isso já está virando uma palhaçada.

O que acham?

Autor: Tags: , , , , , , ,

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010 MLB - Beisebol, NBA - Basquete, NFL - Futebol Americano, NHL - Hóquei | 16:14

Rapidinhas

Compartilhe: Twitter

O técnico do Minnesota Vikings, Brad Childress, diz que dará a Brett Favre o tempo que for necessário para decidir seu futuro. Se quiser jogar mais uma temporada, o QB tem lugar garantido no time. Se não quiser, Sage Rosenfels e Tarvaris Jackson estão prontos para assumir a bronca e brilhar na NFL. Será?

Gene Wojciechowski, colunista do site da ESPN, sugere que LeBron James, Dwyane Wade e Chris Bosh abram mão de dinheiro, diminuam seus salários e joguem juntos na próxima temporada da NBA. No Knicks, de preferência. A matemática dos caps não é muito simples, mas teoricamente isso pode acontecer. Eu duvido.

Hoje tem EUA x Finlândia no hóquei masculino das Olimpíadas de Inverno, em Vancouver. O jogão começa às 17h, de Brasília. Às 23h30 tem Canadá x Eslováquia. Os vencedores fazem a final olímpica. Os perdedores vão brigar pelo bronze.

O Minnesota Twins, da MLB, está em meio a um processo delicadíssimo para definir quem será seu novo fornecedor de… salsichas. Pra vocês verem como o cachorro-quente é importante no beisebol. Parece que a empresa Kramarczuk Sausages vai vencer a disputa. Me deu até fome.

Falando em cachorros-quentes, um sujeito de Kansas processou o Kansas City Royals. Ele alega que tem uma lesão no olho causada pelo mascote da equipe, Sluggerrr, que teria atirado… uma salsicha. Eita cara azarado.

Mike Bianchi, colunista do Orlando Sentinel, diz que Dwight Howard deveria ser lembrado nos debates sobre o MVP desta temporada na NBA. Em sua coluna, Biachi critica Bill Simmons por ter dito algo como “ele tem mentalidade de coadjuvante”. Simmons respondeu via Twitter: “É a coluna mais estúpida de 2010”. Adoro esse cara (Simmons, não Dwight).

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010 NFL - Futebol Americano | 18:51

Dilema de Favre

Compartilhe: Twitter

Brett Favre ainda não decidiu se vai se aposentar ou não. Se depender dos torcedores do Minnesota Vikings, ele fica. Um grupo de fãs pagou a bagatela de US$ 2,6 mil pelo aluguel de um outdoor onde pedem que o jogador siga em atividade.

Hey, nº4, os fãs do Minnesota amam você e o querem de volta no ano que vem? Pode apostar. 100% pago pelos fãs“, diz o texto, que faz um trocadilho entre o nome do QB (Brett) e a expressão  “you betcha” (pode apostar, em inglês).

ept_sports_nfl_experts-122787210-1265902927

Autor: Tags: ,

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 NFL - Futebol Americano | 12:07

Saints campeão (2)

Compartilhe: Twitter

Não que isso tenha algo a ver com o título do Saints. Mas é bacana ver os comerciais do Super Bowl. Selecionei alguns deles. Digam o que acharam. Se quiserem ver todos, cliquem aqui.

A propaganda do Snickers é bem sacada. Mas é preciso entender inglês para rir das piadas.

Tá, é engraçadinho esse do Doritos. Crianças sempre funcionam em filmes e comerciais.

Nem precisa falar inglês pra entender este comercial da Kia. A tatuagem no macaco é sensacional.

Mas meu preferido é este do Google. Quanto será que custou a produção do vídeo? Uns 50 centavos, talvez… Genial!

A piada da noite, com Brett Favre. Se você entende inglês, vai curtir o comercial da Hyundai. Mas parece que ele tinha estreado antes do Super Bowl. Pra ser sincero, nem sei se foi exibido durante o jogo.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

terça-feira, 26 de janeiro de 2010 Ligas universitárias, MLB - Beisebol, NBA - Basquete, NFL - Futebol Americano | 16:54

Rapidinhas

Compartilhe: Twitter

1) O center field Curtis Granderson, reforço do Yankees para a próxima temporada da MLB, é um tremendo pão-duro. Diz Jon Paul Morosi, colunista da Fox Sports, que recentemente o cara quase ficou parado na estrada sem gasolina, entre Detroit e Chicago, porque queria abastecer apenas em Indiana, onde o combustível é mais barato. E mais: ele celebrou o contrato com o NYY comendo um cheeseburger promocional de um dólar no McDonalds. Como o cara vai reagir quando perceber que em Nova York tudo é mais caro?

2) Já Joe Lemire, da Sports Illustrated, está mais preocupado com o futuro de Brett Favre. Habituado às repentinas mudanças de ideia do QB, que não sabe se vai encerrar a carreira, Lemire recomenda: “Vamos ignorar o que Favre diz. Ele é como o bicho-papão: só existe se você acreditar nele”.

3) Kevin Durant elogia o New Orleans Saints, diz que estão jogando muito bem e blábláblá. Mas, no Super Bowl, o ala do Oklahoma City Thunder torcerá mesmo pelo Indianapolis Colts, dia 7 de fevereiro. Ótimo no marketing com os fãs, ele ainda pergunta: “Alguém planeja uma festança para acompanhar o Super Bowl? Digam aqui no espaço para comentários”. Tudo isso está no blog dele, que fica aqui.

4) O time do Los Angeles Lakers, último campeão da NBA, foi recebido na Casa Branca pelo presidente Barack Obama, que elogiou especialmente o técnico Phil Jackson pelos dez títulos da liga conquistados: “Mas seis deles foram com o Chicago Bulls”, brincou o presidente, que é de… Chicago.

5) Quer colocar um twitt seu na página do Super Bowl? Basta usar a tag #SB44. A NFL lançou na segunda-feira uma campanha de marketing junto às redes sociais para tentar aproximar os fãs e a liga. Veja aqui como ficou.

PS: Nos próximos dias coloco no ar uma análise do Super Bowl entre Colts e Saints, dia 7 de fevereiro, em Miami. Se o sistema ajudar, ainda hoje entra no ar a prévia dos 65 times que participarão do Torneio da NCAA, que equivale aos playoffs do basquete universitário. É o popular March Madness (Loucura de Março, em inglês).

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

sábado, 23 de janeiro de 2010 NFL - Futebol Americano | 12:30

O jovem Brett Favre

Compartilhe: Twitter

brett-favre

Autor: Tags:

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última