Publicidade

Posts com a Tag Alex Rodriguez

sexta-feira, 25 de março de 2011 MLB - Beisebol | 01:27

ARMA SECRETA DE CADA TIME DA LIGA AMERICANA

Compartilhe: Twitter

Uma semaninha! É só isso que falta para o início da temporada da MLB.  Cada temporada reserva algumas surpresas e esse ano promete a mesma coisa.   De vez em quando jogadores novos surgem do nada e se tornam estrelas.  Às vezes é um veterano, desacreditado, que mostra que ainda tem gasolina no tanque.  Eu escolhi um jogador de cada time que pode fazer a diferença em sua respectiva equipe.  O atleta que pode ser a peça final do quebra-cabeça.

AL EAST

Josh Beckett

New York Yankees – Ivan Nova

Ele mostrou que tem potencial pra ser um bom jogador no ano passado.  Nova começou 7 jogos e não foi mal.  Agora, o menino de 24 anos esta arrebentando no Spring Training.  Em 14 entradas ele cedeu apenas 2 corridas.  Os Yankees precisam de um bom arremessador na rotação titular além de CC Sabathia.  Se Nova se tornar esse atleta, os Yankees terão grandes possibilidades de vencer a divisão pelo terceiro ano seguido.

Boston Red Sox – Josh Beckett

Eu estou muito preocupado com Josh Beckett.  4 anos atrás, ele era considerado um dos melhores arremessadores da liga e foi uma peça crucial do time do Boston que venceu a World Series.  Sem Beckett, Boston nem teria conseguido a classificação.  Infelizmente, a produção dele tem diminuído muito nos últimos anos.  Beckett cedeu 45 home runs nos últimos dois anos e em 2010 batalhou as contusões.  Ele não vem arremessando bem no Spring Training e vai começar o ano como o quarto arremessador da rotação titular.  Os Red Sox têm um grande ataque mas vão precisar de Beckett pra erguer mais um troféu.  Vamos ver se ele dá conta do recado.

Toronto Blue Jays – Jesse Litsch

Litsch perdeu boa parte da temporada passada e passou por uma cirurgia em Agosto.  A boa notícia é que ele está tendo um ótimo Spring Training.  A rotação titular dos Blue Jays tem dado um baita azar nas últimas temporadas.  Roy Halladay e AJ Burnett foram embora pra ganhar mais dinheiro e Shaun Marcum se machucou e agora joga nos Brewers.  Os Blue Jays precisam que alguém (que não está cotado pra fazer grandes coisas) supere as expectativas.  Litsch está pronto pra mostrar que ele pode ser esse cara.

Baltimore Orioles – Matt Wieters

Eu sei que em duas temporadas na MLB o catcher dos Orioles não fez muita coisa.  Mesmo assim, ainda acredito no talento de Matt Wieters.  O garoto de 24 anos era considerado um candidato a ser uma das novas estrelas do beisebol.  Infelizmente, ele decepcionou no ano passado, batendo apenas 11 home runs.  Os Orioles fizeram varias aquisições importantes nessa intertemporada (Vlad Guerrero, Derek Lee, Mark Reynolds e JJ Hardy) e eu sinceramente acho que esses veteranos vão tirar a pressão de cima do jovem Wieters.  Eu acho que ele tem tudo pra deslanchar.

Tampa Bay Rays – Manny Ramirez

Exatamente! Manny Ramirez.  O veterano está matando basebolas nessa pré-temporada e parece estar mais dedicado do que nunca depois de assinar um contrato de apenas um milhão de dólares com o Tampa Bay Rays.  Após duas temporadas ruins, Ramirez parece um homem  numa missão: provar que ainda é um dos melhores rebatedores da MLB.  Ele nunca rebate bem no Spring Training e geralmente hiberna durante os dois primeiros meses da temporada.  Esse Spring, ele está com 3 home runs e um aproveitamento de 35%.  Parece que o urso está acordado, my friends.  Isso pode ser uma notícia ruim para o resto da Liga Americana.  Os Rays agradecem.  Tampa vai precisar de Ramirez, especialmente com as saídas de Carl Crawford e Carlos Pena.  Se Ramirez bater 35 home runs e impulsionar 100 corridas, os Rays podem incomodar na AL East.

AL CENTRAL

Gordon Beckham

Detroit Tigers – Max Scherzer

Eu sei que Scherzer não está tendo o melhor Spring Training do mundo (5,40 ERA) mas ele mostrou que merece estar na MLB com um bom desempenho no ano passado (12 vitórias).  Os Tigers estão depositando muita confiança nesse garoto e precisam de um bom arremessador alem de Justin Verlander e Rick Porcello na rotação titular.  O ataque e bullpen já são bons.  Se Scherzer desempenhar e formar um trio sólido com Porcello e Verlander, os Tigers terão tudo pra voltar aos playoffs pela primeira vez desde 2006.

Chicago White Sox – Gordon Beckham

Esse pode estar pronto pra explodir. Hello, bomba relógio!  O terceiro anista de 24 anos, tem tudo pra produzir uma temporada de 20 HR, 90 RBI e aproveitamento de 30%.  Dois anos atrás ele bateu 14 HR e foi um dos melhores calouros da temporada.  2010 não foi bom (9HR, 25%) mas eu acho que ele volta com tudo nessa temporada.   Com 3 HR e 35% no Spring Training o jovem já mostra que está pronto pra deixar o ataque dos White Sox mais dinâmico.

Minnesota Twins – Joe Nathan

Joe Nathan sempre foi um dos melhores fechadores da Liga desde que chegou aos Twins em 2004.  Agora ele é uma incógnita.  Depois de passar por uma cirurgia e perder a temporada inteira de 2010, ninguém sabe se veremos o velho Nathan no montinho.  Os Twins perderam várias peças importantes do bullpen.  O time precisa de Nathan mais do que nunca em 2011.  Infelizmente, ele não vem bem no Spring Training (9 corridas cedidas em 7,1 entradas).  Um bom Nathan pode ser a diferença entre uma vaga nos playoffs e uma equipe medíocre.

Kansas City Royals – Alex Gordon

Os Royals não vão a lugar nenhum nessa temporada.  (Eu acho que o roster inteiro teria que ter a temporada dos sonhos pra Kansas City chegar aos playoffs.)  Eu só estou curioso pra ver se Alex Gordon finalmente vai se tornar o jogador que todos sabem que ele pode ser.  O atleta de 27 anos está começando sua quinta temporada e ainda deve muito aos torcedores dos Royals.  Nesse Spring Training ele parece estar muito focado (4 HR, 34%).  Gordon disse que está se sentindo muito bem no bastão e mudou algumas coisitas em seu “swing”.  Só quero ver.

Cleveland Indians – Grady Sizemore

O torcedor dos Indians pode se preparar para mais uma temporada infernal. Hello, hell!  O roster não está nada guapo.  Muy feio para falar a verdade.  Lembra quando Grady Sizemore era um dos melhores jogadores da liga? Faz tempo, né?  Bom, ele ainda está se recuperando de uma cirurgia de microfratura no joelho, realizada em junho do ano passado.  Ele está começando a jogar no  Spring Training mas vai iniciar o ano na lista dos contundidos (ele espera voltar ainda em abril).  Grady bateu 33 HR e roubou 38 bases em 2008.  O torcedor espera que ele volte a esse nível em 2011.

AL WEST

David DeJesus

Anaheim Angels – Dan Haren

A última vez que Dan Haren arremessou uma temporada completa na Liga Americana, ele terminou com o terceiro melhor ERA (3,07) da AL.  O ano passado foi complicado para o atleta, que começou a temporada em Arizona antes de ser trocado para os Angels.  Haren tem sido um dos arremessadores mais consistentes da MLB nos últimos 5 anos.  Eu sinceramente acho que ele e Jeff Weaver têm a capacidade de formar a melhor dupla de arremessadores da Liga Americana.  Se isso acontecer, os Angels vão pros playoffs.

Texas Rangers – Derek Holland

Os Rangers perderam Cliff Lee e precisam de um canhoto que possa substituí-lo. (Percebe-se que eu não falei “substituí-lo a altura” pois isso seria quase impossível).  Holland vai ter que jogar bem e mostrar mais consistência esse ano.  Ele foi  importante nos playoffs e tudo indica que o nervosismo não vai ser um fator durante a próxima temporada.  O menino de 24 anos vem bem no Spring Training (ERA de 3,21) e possui bom talento.  Eu acho que esse pode ser o ano dele.

Oakland A’s – David DeJesus

Olho no Oakland A’s esse ano!  O grupo de arremessadores é excepcional e o time contratou alguns bons rebatedores, incluindo David DeJesus.  Os A’s tiveram o quarto pior ataque e apenas um time da Liga Americana (Seattle) bateu menos home runs no ano passado.  Oakland precisa de mais potência no bastão pra complementar um excelente grupo de arremessadores (melhor ERA da Liga Americana em 2010).  David DeJesus pode ser a resposta.  O  jogador estava vivendo sua melhor fase como profissional no ano passado antes de se machucar e perder os dois últimos meses da temporada.   45 rebatidas duplas e um aproveitamento de 32% não estão fora de cogitação esse ano.  Estou curiosíssimo pra ver o que ele faz em 2011.

Seattle Mariners – Justin Smoak

Esse time tem mais buracos do que um queijo suíço.  Coitados de Ichiro Suzuki e Felix Hernandez (Cy Young do ano passado) que estão presos em Seattle.  O time precisa de muita coisa, especialmente alguém que consiga bater a basebola nas arquibancadas.  Os Mariners bateram 101 home runs no ano passado (apenas 156 a menos que Toronto Blue Jays), pior marca da liga.  Justin Smoak, adquirido na troca que mandou Cliff Lee para Texas, pode ser a resposta.  O segundo anista de 24 anos (parece que todo mundo nessa lista tem 24 anos), bateu 13 home runs em apenas 100 jogos no ano passado.  Vamos ver se ele consegue alavancar esse número pra 25.  Uma coisa é certa, será mais uma temporada complicadíssima para os Mariners.

O que acham??  Quem vai deslanchar em 2011??

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 6 de agosto de 2010 MLB - Beisebol, NBA - Basquete, NFL - Futebol Americano | 14:32

O QUE DEU CERTO E ERRADO NOS ÚLTIMOS DIAS NA TERRA DO TIO SAM

Compartilhe: Twitter

Olá pessoal!  Me desculpe pela ausência dos últimos dois dias.  Eu estava viajando e falo com vocês agora de Sarasota na Florida.  Muitas coisas aconteceram nas últimas 72 horas.  Vamos falar do que deu certo e o que deu errado nos últimos dias na MLB, NBA e NFL.

CERTO

A-Rod finalmente bateu o Home Run de número 600!

Parabéns ao Alex Rodriguez.  O astro dos Yankees, e um dos melhores jogadores da história, se tornou o sétimo atleta a chegar a marca dos 600 quadrangulares na carreira.  A-Rod ficou preso nos 599 por alguns dias mas o momento histórico finalmente se concretizou na última quarta-feira contra o arremessador Shawn Marcum do Toronto Blue Jays.  Aos 35 anos, o jogador é o atleta mais jovem a chegar a marca histórica.  Babe Ruth (terminou a carreira com 714 HR) atingiu os 600 as 36 anos, mas levou menos partidas para chegar lá (2.004 vs. 2.227 do A-Rod).

Eu sei que muitos questionam o feito do A-Rod por ele ter admito o uso de anabolizantes quando jogava no Texas Rangers.  Eu não tenho dúvida que as substâncias ilegais o ajudaram atingir a marca.  Mas, mesmo sem os esteroides.  A-Rod teria chegado aos 600.  Ia demorar mais um ano, de repente, mas ia acontecer.  Quando entrou na liga no início da década de 90, Alex já era o garoto prodígio da MLB.  Um talento excepcional que nasceu pra jogar beisebol.  Antes dos 20 anos, ele já fazia uma parceria com Ken Griffey Jr. no Seattle Mariners que assustava muitos arremessadores. Na época, muitos já falavam que A-Rod tinha chances de chegar a 700 HRs!  Eu admiro A-Rod por ter encarado essa pressão logo cedo, e ter dado conta do recado durante sua carreira inteira.  Os outros 6 jogadores pelo menos 6oo são Sammy Sosa, Ken Griffey Jr., Willie Mays, Babe Ruth, Hank Aaron e Barry Bonds (líder com 762)

Shaq attack assina com os Celtics

Shaq agora só vai competir contra Kevin Garnett nos treinos do Celtics.

O negócio acaba de ficar um pouco mais engraçadinho em Boston.  E não por que o sempre cômico Shaquille O´Neal agora veste verde e branco (que por sinal é engraçado),  e sim, por que o Boston Celtics acaba de mudar seu nome para o Boston Abuelos.  Pra quem não sabe, “abuelo” significa “vovô” em espanhol.  Eu gostei da mudança. É bem apropriada sendo que os principais jogadores dos Celtics vão ter uma idade média de perto de 35 anos.  Paul Pierce tem 32, Garnett 34, Allen 35 e O´Neal 38.

Brincadeiras a parte, eu acho que a contratação foi muito boa.  É obvio que o jogador está no crepúsculo da carreira, mais acredito que ele ainda tenha gasolina (ou diesel no caso do Shaq) no tanque.  O homem dos 2´16 e 145 quilos é literalmente uma grande presença no garrafão.  E é justamente isso que o Boston precisa sendo que Kendrick Perkins só volta depois de fevereiro após passar por uma cirurgia no joelho esquerdo.  Os Celtics contrataram Jermaine O´Neal (jogador de 31 anos com 6 aparições no All-Star Game) para ser o titular, e o outro O´Neal (Shaq Daddy) para ser o reserva.  Boston foi massacrado nos rebotes na partida número 7 das Finais da NBA contra os Lakers, e um pivô de força vai ajudar a mudar isso.

Esse é o sexto time de Shaq.  Ele entrou na liga com o Orlando Magic em 1992 e também já atuou nos Lakers, Heat, Suns e no Cleveland Cavaliers.  No ano passado, o projeto de Shaq era, “win a ring for the king”.  Esse ano o lema poderia ser, “put a sting on the king, and win a ring with the Big Ticket”

Shaq traz 4 anéis de campeão no currículo.  Ele tem médias de 24,1 pontos e 11,1 rebotes por jogo.  No ano passado, O´Neal contribuiu 12 pontos e 7 rebotes por partida.

Shaquille foi recentemente convidado para o Show do Jimmy Kimmel e gostaria de compartilhar com vocês um trecho aqui no blog.  Engraçado.

ERRADO

Brett Favre

Brett Favre anteontem em Mississisippi lançado uma bola no Oak Grove High School. Será que ele está se preparando para a temporada? Nem ele sabe.

Eu jurei que não falaria mais de Brett Favre até começar a temporada da NFL.  Tá difícil, viu?  Terça-feira eu dei a notícia no programa Bate Bola da ESPN Brasil que, segundo o jornal de Minnesota, Minneapolis Star, Favre teria avisado funcionários dos Vikings que supostamente não voltaria mais para o time em 2010.  Eu enfatizei “supostamente”.  E ainda bem!  Por que no dia seguinte, saiu a notícia que Favre jogaria sim, se o tornozelo esquerdo o permitisse.  Favre passou por uma cirurgia no tornozelo em maio depois de se machucar na final de conferência contra o New Orleans Saints em janeiro.  Agora só resta esperar o tornozelo de Favre falar “sim” ou “não”.  Quando que isso vai ser, só Deus sabe.

A saga Brett Favre já virou um novela (antes era uma minissérie).  Essa já é a terceira vez que ele se aposenta.  Em 2008, ele anunciou que não voltaria mais e meses depois mudou de ideia e voltou a jogar com o New York Jets.  No ano passado, ele falou “chega” de novo e depois voltou com os Vikings.  Agora estamos há poucos dias do primeiro jogo do time na pré-temporada, e Brett Favre ainda não sabe o que faz da vida.  Que coisa chata!

É uma situação constrangedora para o Minnesota.  Os quarterbacks Tarvaris Jackson e Sage Rosenfels  seguem a vida como se Favre não fosse voltar.  Mesmo assim, fica complicado pro time começar a temporada sem saber quem será o titular na posição mais importante de todas.  O técnico Brad Childress falou depois da derrota em janeiro contra os Saints que Favre poderia tomar quanto tempo quisesse para chegar a uma decisão em relação a essa temporada.  Eu só acho que ele não esperava que seria TANTO tempo.  Isso já está virando uma palhaçada.

O que acham?

Autor: Tags: , , , , , , ,

quarta-feira, 14 de abril de 2010 MLB - Beisebol | 12:41

Senhores dos anéis

Compartilhe: Twitter

Terça-feira foi dia de festa no Yankee Stadium. Antes do jogo contra o Angels, os jogadores do Yankees receberam os anéis pelo título das World Series. Todos, inclusive Hideki Matsui, que agora joga pela equipe californiana. O japonês, MVP das finais, foi devidamente saudado pela torcida, que certamente sente saudade do Godzilla.

Para amenizar o saudosismos dos fãs, o substituto de Matsui, Nick Johnson, inaugurou o placar com um home run logo no primeiro inning. Mais tarde, no terceiro inning, Jeter mandou outro homer, para alegria de seus pais, que acompanharam o jogo num camarote do Yankee Stadium. O pai, aliás, é a cara do filho. Na verdade, acho que o filho é a cara do pai, certo? Bom, vocês entenderam.

A partida animou os torcedores do Yankees (e só eles), que festejaram uma corrida após a outra, até o time abrir 7 a 1. No sexto inning, foram três walks seguidos cedidos ao Yankees, que lotou as bases do Angels. A-Rod, que tem ótimo aproveitamento em situações assim (vi a estatística durante a transmissão, mas esqueci os números e não achei em nenhum outro lugar), conseguiu a rebatida simples. Jeter e Johnson anotaram as corridas.

Assim como em sua atuação anterior, contra o Boston Red Sox, Andy Pettitte deu show. Dessa vez, segurou o ataque do Angels até o sexto inning sem ceder nenhuma corrida. Sustentou o espetacular ERA de 0,75, um feito e tanto para um sujeito que tem 37 anos e poderia ter se aposentado após o título da última temporada. O problema é que o bullpen do Yankees não acompanha a rotação.

No nono inning, com 7 a 1 no placar, o Yankees, pra variar, entrou em parafuso. Vantagem confortável, Mariano Rivera descansando… sabe como é. Lá veio David Robertson, que conseguiu deixar as bases lotadas sem nenhum eliminado. Resultado: grand slam de Bobby Abreu, 7 a 5 no placar e Mo Rivera chamado às pressas para apagar o incêndio. O “Sandman” não levou nem 5 minutos pra fechar o jogo.

PS: esse título do post tá meio manjado, não tá?

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

sexta-feira, 29 de maio de 2009 MLB - Beisebol | 18:40

Visitantes ilustres

Compartilhe: Twitter

Joe MantegnaHoje consegui acompanhar o finalzinho do jogo entre Los Angeles Dodgers e Chicago Cubs. No final, o Cubs venceu por 2 a 1, apesar de um erro de Bobby Scales quase colocar tudo a perder no último inning. Mas o time da casa se segurou e venceu, pra delírio da barulhenta torcida de Chicago.

O destaque do jogo foi o ator Joe Mantegna (à direita, em foto AP), que já apereceu numa infinidade de filmes, a metade deles sobre máfia. Além de fazer o arremesso de abertura da partida, ficou na cabine de imprensa e participou da transmissão da Comcast. Quem acha que ele se conteve está enganado. Mantegna gritou uma barbaridade nas duas corridas anotadas pelo Cubs, falou bastante durante a transmissão e divertiu ainda mais algo que já costuma ser bem legal.

Aliás, como as transmissões norte-americanas são melhores que as brasileiras! Nada de Galvões ou Lucianos se esgoelando o tempo todo. Para prender a atenção do torcedor, os locutores dos EUA falam diversas abobrinhas úteis e divertidas, discutem cinema, música, outros esportes e falam até sobre o que comeram no dia anterior. Isso é divertido pra caramba! Sem falar em todas as estatísticas bacanas e outras informações pertinentes citadas ao longo das três horas de partida. Everaldo Marques, Paulo Antunes, Zé Boquinha e Eduardo Agra, da equipe de esportes americanos da ESPN, aprenderam bem a lição. Esses caras são responsáveis pelas melhores transmissões esportivas da TV brasileira atualmente.

Um pouco à direita no mapa…
O New York Yankees está em Cleveland para uma série de quatro jogos contra o Cleveland Indians. Alex Rodiguez e Mariano Rivera (abaixo, em foto AP) aproveitaram a folga na noite de quinta-feira, quando o time não jogou, para assistir ao duelo entre Cleveland Cavaliers e Orlando Magic pela NBA. A-Rod, que apareceu na transmissão da ESPN, vibrou bastante com os pontos de LeBron James, isso deu pra ver. Claro, nenhum dos dois pagou para ver o jogo. A prova disso são as credenciais amarelas discretinhas penduradas no pescoço dos dois.

Mariano Rivera e Alex Rodriguez

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 7 de abril de 2009 MLB - Beisebol | 13:36

Opening day

Compartilhe: Twitter

Enfim, começou a temporada da MLB. E começou com boa vitória do Mets, péssimas atuações do campeão Phillies e de CC Sabathia, novo ace do Yankees, e mais um home run de Ken Griffey Jr. Bom começo de uma temporada promissora. Ainda mais pra quem gastou US$ 80 e assinou a MLB.TV.

No domingo, o mediano time do Atlanta Braves controlou bem o sonolento ataque do Philadelphia Phillies, que bateu só 4 de 31 (12,9%) e ainda estragou meus planos de largar bem no Fantasy. É questão de tempo até que os vencedores das últimas World Series se recuperem, mas não acho que terão chance de defender o título.

Johan SantanaNa segunda-feira, excelente atuação de Johan Santana (foto ao lado, AP), bom desempenho do reformulado bullpen e vitória do New York Mets sobre o Cincinnati Reds por 2 a 1. O Mets é minha aposta para chegar às World Series pela Liga Nacional

Já o New York Yankees pagou pela péssima estreia de CC Sabathia e levou 10 a 5 do Baltimore Orioles, um time em reformulação, mas ainda incapaz de surpreender. Para o Yankees, a boa notícia é que o ataque funcionou mesmo sem Alex Rodriguez, que deve voltar em breve, e Mark Teixeira, que sucumbiu diante das vaias intermináveis da torcida local. Também é bom lembrar que Sabathia começou mal a temporada passada, com três derrotas, e depois deu a volta por cima.

Hoje tem Tampa Bay Rays @ Boston Red Sox, jogo adiado ontem devido à chuva. Vamos ver se os dois terão forças para derrubar o Yankees.

Números do primeiro dia de jogos:

– Na derrota do Cleveland Indians para o Texas Rangers por 9 a 1, Cliff Lee cedeu 7 corridas. Logo na estreia, o pitcher cedeu mais corridas do que em qualquer um dos jogos da temporada passada.

– Ken Griffey Jr. (foto abaixo, AP), de volta ao Seattle Mariners, chegou ao 612º home run da carreira. Foi o oitavo dele num opening day (dia de abertura da temporada), igualando o recorde de Frank Robinson, campeão das World Series com o Orioles em 1966 e 1970.

Ken Griffey Jr.
Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

sábado, 7 de fevereiro de 2009 MLB - Beisebol | 16:40

Alex Rodriguez, astro da MLB, é flagrado por doping em 2003

Compartilhe: Twitter

Alex Rodriguez

Em 2003, quando ganhou o título de MVP da American League como shortstop do Texas Rangers, o astro do beisebol Alex Rodriguez teve resultados positivos para o uso de dois tipos de esteróides anabolizantes. A notícia foi divulgada neste sábado com exclusividade pela revista Sports Illustrated, que conduziu uma longa investigação sobre o caso.

O nome de Rodriguez, suposto namorado de Madonna, aparece em uma lista de 104 jogadores da MLB que tiveram resultado positivo para anabolizantes em 2003. Os testes foram conduzidos de forma anônima para saber se era necessário impor testes esporádicos na liga em 2004.

Na última quinta-feira, a Sports Illustrated tentou conversar com Rodriguez sobre o assunto, mas o jogador se negou a falar sobre os resultados dos exames de 2003. “Não vou falar nada”, disse.

Apesar de a MLB proibir expressamente o uso de qualquer tipo de esteróide desde 1991, não houve nenhuma punição oficial para os testes realizados em 2003. Naquele ano, 1.198 jogadores foram testados de forma anônima, em um acordo entre a liga e a associação dos jogadores. A informação sobre os testes de Rodriguez surgiram, segundo a revista, após agentes federais terem apreendido os resultados durante investigações relacionadas ao escândalo Balco, em abril de 2004.

O resultado dos testes de Rodriguez, segundo quatro fontes ouvidas pela Sports Illustrated, apontaram consumo ilegal de testosterona e uma substância chamada Primobolan. A substância, que tem o nome químico de methenolone, melhora a força e mantém a musculatura rígida sem o desenvolvimento de massa muscular, além de ter poucos efeitos colaterais.

Rodriguez, também conhecido como A-Rod, terminou 2003 como campeão de home runs, com 47 rebatidas, e com o primeiro de seus títulos MVP da temporada.

Nos testes anônimos de 2003, 5% dos jogadores das ligas majoritárias tiveram resultados positivos para anabolizantes. Por isso, a MLB institui em 2004 os testes aleatórios obrigatórios em todos os jogos.

Foto: Getty Images

Autor: Tags:

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008 MLB - Beisebol | 16:32

Os milionários do beisebol

Compartilhe: Twitter

CC Sabathia assinou com o New York Yankees, como previsto. Receberá 161 milhões de dólares por sete anos de contrato, como foi dito ontem. No embalo dessa contratação, vai a lista dos jogadores que já assinaram contratos superiores a 100 milhões de dólares na MLB. E A-Rod, o Sr. Madonna, ocupa a duas primeiras posições da relação.

Pos.
Jogador
Time
Duração
Valor
1 Alex Rodriguez NYY 10 anos (2008-17) $275,000,000
2 Alex Rodriguez TEX 10 anos (2001-10) $252,000,000
3 Derek Jeter NYY 10 anos (2001-10) $189,000,000
4 Manny Ramírez BOS 8 anos (2001-08) $160,000,000
5 Miguel Cabrera DET 8 anos (2008-15) $152,300,000
6 Todd Helton COL 11 anos (2001-11) $151,500,000
7 Johan Santana NYM 6 anos (2008-13) $137,500,000
8 Alfonso Soriano CHC 8 anos (2007-14) $136,000,000
9 Vernon Wells TOR 7 anos (2008-14) $126,000,000
9 Barry Zito SF 7 anos (2007-13) $126,000,000
11 Mike Hampton COL 8 anos (2001-08) $121,000,000
12 Jason Giambi NYY 7 anos (2002-08) $120,000,000
13 Carlos Beltrán NYM 7 anos (2005-11) $119,000,000
14 Ken Griffey Jr. CIN 9 anos (2000-08) $116,500,000
15 Kevin Brown LAD 7 anos (1999-2005) $105,000,000
16 Albert Pujols STL 7 anos (2004-10) $100,000,000
16 Carlos Lee HOU 6 anos (2007-12) $100,000,000
Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008 MLB - Beisebol | 00:10

A-Rod vem aí!

Compartilhe: Twitter

Momento “Babado” aqui no blog…

Alexander Emmanuel Rodriguez, A-Rod, o astro do NY Yankees e do beisebol americano vem ao Brasil! A-Rod é o novo affair da Madonna e, dizem por aí, o jogador estará no país para acompanhar os shows da cantora no Rio e São Paulo.

Segundo a coluna “Zapping“, do jornal “Agora“, uma secretária da Madonna esteve no consulado brasileiro em Nova York para tirar os vistos da cantora e do jogador.

Apesar de não assumirem o namoro, A-Rod já foi ao show da Madonna em Miami na última semana e a cantora já se separou de Guy Ritchie. Mais um indício de que os dois podem aparecer juntos por essas bandas…

Autor: Tags: ,

quinta-feira, 6 de novembro de 2008 MLB - Beisebol | 18:38

As últimas do beisebol

Compartilhe: Twitter

A MLB abriu a votação online para o torcedor escolher os melhores da temporada. Realizada desde 2003, a eleição aponta melhor rebatedor, melhor arremessador, melhor atuação num único jogo, melhor momento dos playoffs e por aí vai. No total, são 13 categorias, que incluem até treinadores e dirigentes. É bem fácil votar, precisa somente dar o e-mail e a data do aniversário. Sem cadastro nem nada. Vote aqui!

Enquanto uns votam, outros curtem as férias. E há os que trabalham para reforçar as equipes para 2009. Sobretudo Brian Cashman, general manager do New York Yankees. Os alvos da equipe, que sequer chegou aos playoffs em 2008, são CC Sabathia, Manny Ramirez, Mark Teixeira e qualquer outro jogador que tenha aparecido na tela da ESPN alguma vez na vida. Os nomes mais recentes são Jake Peavy, pitcher do San Diego Padres, e Mike Cameron, center field do Milwaukee Brewers. De toda forma, a equipe já deixou claro que quer um grande pitcher, pelo menos. Ah, o NYY acabou de se livrar de Jason Giambi e Carl Pavano.

Um pouco mais acima no mapa, em Boston, a missão é renovar com Jason Varitek. E não será fácil, sobretudo depois que o Yankees ofereceu um contrato de 4 anos e US$ 52,4 milhões a Jorge Posada. Parece que o capitão do Red Sox quer ganhar o mesmo que o rival.

A última do dia. Os dirigentes do Los Angeles Dodgers fizeram uma oferta QUASE irrecusável para manter Manny Ramirez. Os valores não foram revelados, mas dá pra imaginar. Segundo o general manager Ned Colletti, seria o segundo maior salário anual da liga. Alex Rodriguez, o líder do ranking dos milionários, recebe US$ 27,5 milhões.

Ramirez, Varitek e Teixeira
Manny Ramirez, Jason Varitek e Mark Teixeira: mercado movimentado na Major League Baseball

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,