Publicidade

Arquivo da Categoria MLB – Beisebol

quinta-feira, 26 de maio de 2011 MLB - Beisebol | 17:57

GIANTS PERDEM BUSTER POSEY; CIÊNCIA MOSTRA GRAVIDADE DE UMA COLISÃO NO HOME PLATE

Compartilhe: Twitter

O San Francisco Giants está numa fria do tamanho do Lago Michigan em janeiro. O time perdeu uma peça fundamental do elenco ontem quando Buster Posey quebrou a perna numa colisão violenta com Scott Cousins do Florida Marlins. Eleito o melhor calouro da temporada passada na Liga Nacional, o catcher do SF, ajudou os Giants a vencer o primeiro título desde 1954. Agora, ele provavelmente não volta mais em 2011. Os Giants estão em primeiro lugar na Divisão Oeste da Liga Nacional e Posey vinha num bom momento com uma sequência de 13 jogos com pelo menos uma rebatida.

A contusão aconteceu na 12a entrada. Posey bloqueava o home plate e Scott Cousins o atropelou tentando deslocar a bolar. Essa jogada é legal, mas também polêmica. Após a contusão, a MLB foi contactada pelo agente de Posey, Jeff Berry. “No futebol americano uma colisão capacete a capacete gera uma multa de 100.000 dólares, mas no beisebol, há situações em que os corredores são permitidos a atropelar os fielders. É chocante. Vou ligar para a Major League Baseball…é errado,” diz Berry.

Só pra você ter uma ideia do impacto que uma colisão dessas gera, peço que assista ao video abaixo (estou disponibilizando o link). O mais chocante é que no final da matéria descobrimos que uma colisão no home plate é mais violenta que uma trombada de Dwight Freeney, jogador do Indianapolis Colts da NFL.

http://www.espn.go.com/video/clip?id=6594536

E você, o que acha?? Essa jogada deveria ser legal ou a regra poderia ser revista?

Autor: Tags:

segunda-feira, 16 de maio de 2011 MLB - Beisebol | 17:43

DAVID ORTIZ BUSCA O CARINHO DOS TORCEDORES DOS YANKEES NAS RUAS DE NOVA YORK

Compartilhe: Twitter

Encontrei um video no site da MLB que achei muito legal.  David Ortiz, astro do Boston Red Sox, foi para as ruas de Nova York em busca de novas amizades.  O video é muito divertido.

That’s what I’m talking abouuuuut!!!

Pergunta: Você, torcedor dos Yankees, daria um abraço no Big Papi? Qual seria sua reação?

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 21 de abril de 2011 MLB - Beisebol | 19:42

EXTENSÃO DE CONTRATO DE RYAN BRAUN É UM BOM SINAL PARA A MLB

Compartilhe: Twitter

O Milwaukee Brewers acaba de estender o contrato de Ryan Braun. O jogador é um de 5 da história da liga a bater 125 ou mais home runs e ter um aproveitamento de pelo menos 30% no bastão nos 4 primeiros anos na liga. Braun ficará em Milwaukee até 2020. Ele assinou um contrato de 8 anos 45 milhões de dólares em 2008. A extensão é de 2015 a 2020 por um valor de 21 milhões anuais.

Pode parecer apenas mais uma contratação, mas na minha opinião a transação prova que os times de mercados pequenos estão começando a crescer! Sempre foi que os times com mais dinheiro contratavam os melhores talentos. Ainda e assim mais hoje temos algumas exceções. Isso é muito positivo. Se fosse 3 ou 4 anos atrás, Milwaukee teria pequenas chances de pagar um jogador do calibre de Braun. Joe Mauer, que renovou com os Twins em 2010, é outro bom exemplo. Mauer vai ganhar  23 milhões anuais nas próximas 8 temporadas com os Twins. Uns 10 anos atrás, Minnesota tinha uma das menores folhas de pagamento da liga. Os Brewers foram terríveis por umas 15 temporadas seguidas e agora estão conseguindo se reerguer. Os Rockies passam por um momento bom. Eles renovaram com Troy Tulowitzki e Carlos Gonzalez, dois atletas que estão prontos pra se tornarem grandes estrelas. Hoje, Colorado tem a melhor campanha da MLB. É obvio que ainda fica difícil competir com times como os Yankees (equipe que tirou o CC Sabathia dos Brewers em 2009), mesmo assim fico aliviado de ver que times pequenos agora têm a possibilidade de renovar com alguns de seus grandes talentos. Eu sei que a grande maioria de times como o Pittsburgh Pirates ou Kansas City Royals simplesmente nao tem o cacife pra pagar os melhores jogadores. Mesmo assim vejo uma luz no final do túnel.

Lembra do inicio dos anos 2000? O Oakland A´s era um dos times mais populares da liga. Com Tim Hudson, Barry Zito e Mark Mulder nos arremessos e Jason Giambi batendo basebolas para todos os lados, o time era muito competitivo. Infelizmente, por jogar num mercado pequeno, o clube nao conseguiu renovar com nenhum desses jogadores que acabaram indo embora. Os A’s nunca mais foram os mesmos. Parece injusto e é uma pena, mas essa é a realidade do jogo.

Por isso que é muito gratificante vermos pequenos mercados como Minnesota, Milwaukee e Colorado conseguir colocar a grana necessária na mesa pra formar times competitivos. Se isso continuar, a MLB vai ficar cada vez melhor.

Concorda?

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 14 de abril de 2011 MLB - Beisebol | 16:52

UM ASTERISCO SEMPRE PERSEGUIRÁ BARRY BONDS

Compartilhe: Twitter

O veredito veio e Barry saiu sorrindo.  Depois de semanas tentando provar sua inocência, Bonds saiu vitorioso.   Acusado de perjúrio por ter mentido sob juramento sobre o possível uso de anabolizantes, Bonds venceu.  Pelo menos, é isso que ele acha.  Na verdade o nome do maior rebatedor de home runs de todos os tempos está comprometido.  Todo mundo sabe que ele usou anabolizantes.  O ex-jogador dos Pirates e Giants disse até o fim que não sabia que os suplementos providos pelo Greg Anderson (traficante de substâncias ilegais da MLB na época em que Bonds jogava) eram ilegais.  Que palhaçada, que mentira.  Como que um atleta do calibre e ego de Bonds nao vai saber o que estava colocando no próprio corpo?  Todos sabiam, mas o governo não conseguiu provas suficientes e agora Barry sai andando. Mas se Bonds acha que está tudo bem, ele se equivoca.  Um dos melhores outfielders, um dos mais inteligentes e possivelmente o atleta mais completo que o jogo ja testemunhou hoje é visto como um trapaçeiro.  Muitos fãs já o abandonaram.  O torcedor não quer mais se associar com os atletas que `sujaram´o jogo.  Olha só o que aconteceu com Rafael Palmeiro, Mark Mcgwire e Sammy Sosa.  Eles são 3 dos 15 melhores rebatedores de todos os tempos e também são ex-atletas descartados e esquecidos por ter utililazado anabolizantes e mentido sobre o uso deles.  Os votantes do Hall da Fama nem estão considerando esses gigantes.  É triste, mas é a realidade e agora Bonds pertence a esse grupo.

ELE ENTRA NO HALL DA FAMA?

É quase impossível imaginar Barry Bonds não entrando no Hall da Fama por tudo que vez em campo.  Infelizmente pra ele, isso é bem possível.  Primeiro, por tudo que aconteceu com esse caso.  Segundo, ele odiava e era odiado pela imprensa.  Adivinha quem decide quem entra ou não no Hall da Fama?  A imprensa.  Barry sempre foi dos mais presunçosos e arrogantes jogadores dos últimos tempos.  Um super atleta que não gostava de falar com a imprensa e deixava isso bem claro.  Dentro do vestiário, ele tambem não era dos mais queridos.  Histórias de confrontos com companheiros surgiam de vez em quando, incluindo uma rivalidade com o ex-companheiro Jeff Kent (vencedor do prêmio MVP em 2000).  Olha, estamos falando de um jogador que venceu 7 prêmios de MVP (recorde), 8 Luvas de Ouro, foi eleito 14 vezes ao all-star game, é líder de todos os tempos em walks, walks intencionais, home runs e é o único a alcançar 73 HRs em uma temporada.   O fato é que com esse caso, a mídia agora tem uma boa `desculpa´ pra não colocar Barry no palácio dos imortais.  Será que ele merece isso?  Eu ainda tenho minhas dúvidas.  Eu aceitaria Bonds no Hall caso pedisse desculpas e admitisse o uso.  Andy Pettitte admitiu que usou HGH e ninguém mais toca no assunto.  São as mentiras que incomodam e é por isso que acho que Bonds, Roger Clemens, Rafael Palmeiro, Sammy Sosa e Mark Mcgwire terão estradas árduas pra chegar lá.

PELO MENOS O GOVERNO VENCEU UMA

O juri achou Bonds culpado de Obstrucao de Justiça, por não ter cooperado com o governo quando foi questionado sobre seu uso de esteroides em 2003.  Naquela época o governo estava investigando um laboratório (BALCO) que trabalhava com substâncias ilegais.  Greg Anderson, personal trainer de Bonds na época, trabalhava com esse laboratório.  Bonds foi questionado e veementemente negou qualquer envolvemento com substâncias ilegais.  A Obstrução de Justiça é considerado um crime pesado (felony) e poderia levá-lo à prisão.  Todos nós sabemos que a chance de Bonds entrar na prisão é a mesma chance dele voltar a ser jogador na MLB, zero.  Ele vai fazer algum acordo para ficar longe das grades.   Então, Bonds sobrevive com apenas um tapinha na mão.

ASTERISCO PRA SEMPRE

Basebola de home run número 756 com um asterisco no Hall da Fama

Já existe um asterico associado à Barry Bonds.  Quando ele bateu seu home run de número 756 (quebrando o recorde de Hank Aaron) a bolinha foi parar num leilão.  Mark Ecko (estilista e fundador da marca ecko Unltd) foi o felizardo comprando a basebola por mais do que 750 mil dólares.  O eclético Mark decidiu fazer uma enquete na internet para deixar fãs decidirem o que fazer com a bola.  Os votos foram contados e a decisão foi colocar a bola no Hall da Fama com um asterisco gravado nela.  O Hall da Fama aceitou a bola que ficará exposta pra sempre.  Agora, basta saber se o autor do Home Run estará lá, um dia com ela.  Se ele entrar, ninguém vai precisar gravar um asterisco na estátua do rosto dele.  Um asterisco já está associado ao maior rebatedor de todos os tempos.

O que você acha dessa história toda?  Bonds merece o Hall da Fama?  Você deixou de ser fã do Barry Bonds depois desse escândalo?

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 8 de abril de 2011 MLB - Beisebol | 20:34

MANNY RAMIREZ SE APOSENTA DEPOIS DE TESTAR POSITIVO DE NOVO

Compartilhe: Twitter

Que triste esse fim do Manny Ramirez.  O atleta decidiu pendurar as chuteiras, ao invés de enfrentar uma suspensão de 100 jogos depois de testar positivo por uso de substâncias proibidas pela MLB.  Essa é a segunda fez nos últimos dois anos que um teste de Manny sai positivo.   Uma terceira punição significaria uma suspensão permanente das Major Leagues.

Eu admito que fiquei desapontado com essa notícia.  Manny é um dos 3 ou 4 melhores rebatedores que já vi. em 18 temporadas com os Indians, Red Sox, Dodgers, White Sox, e Rays ele bateu 555 home runs com um aproveitamento de 31,2%.  O atleta levou os Red Sox a títulos em 2004 (ele foi MVP da World Series) e 2007.  Com os Indians, ele vez parte de um dos melhores ataques da história da MLB em 1999.  Em Los Angeles, ele levou o torcedor dos Dodgers ao delírio durante a segunda metade da temporada de 2008 com um aproveitamento de 39,6% no bastão,  quase levando os Dodgers  a´ World Series.

Infelizmente, o jogador também tinha um lado sombrio.  Ele foi criticado várias vezes por não dar duro durante jogos, pedir para ser trocado diversas vezes quando jogava no Boston, empurrar um funcionário dos Red Sox e arranjar uma briga com um companheiro de equipe durante uma partida. As vezes, ele parecia desinteressado e defensivamente nunca foi dos melhores.  Mas uma coisa é certa.  Quando Manny queria jogar era difícil achar alguém com um “swing” mais bonito.  É lamentável que o jogador tenha tido mais um teste positivo.  Não sabemos se foi esteróides, só sabemos que foi alguma substância proibida.

Coisa Chata

A parte mais chata de tudo isso é que Manny basicamente foi “forçado” a se aposentar.  A essa altura do campeonato, um jogador de 38 anos não vai querer cumprir uma suspensão de 100 jogos e tentar voltar.  Muito difícil.  Ele já estava no fim de carreira.  O fato que ele começou apenas 1 de 17 no bastão e foi vaiado pelos torcedores dos Rays não ajuda.  O contrato do jogador era de apenas um ano.  Tudo indicava que esse poderia ser o último ano de sua carreira.

Eu sei que o pessoal vai olhar nos testes positivos de Ramirez e isso pode afetar os votantes quando decidirem se ele merece ou não estar no Hall da Fama.  Apesar de tudo, Manny merece seu lugar.  Ele sempre foi um talento incomum, desde que entrou na liga em 1993.  O jogador tinha potência e consistência e rebatia pra todos os campos com a mesma eficiência.  Um dos rebatedores mais inteligentes do jogo, Ramirez tinha uma visão sensacional da zona de strike.    Ele sempre foi um talento diferenciado.  Só acho triste dele não ter se despedido do jogo de forma digna. Uma pena.

O que acham? Você gosta do Manny Ramirez?  Qual é sua maior lembrança dele?

Autor: Tags:

terça-feira, 5 de abril de 2011 MLB - Beisebol | 23:37

RED SOX EM APUROS??

Compartilhe: Twitter

Que começo mais ridículo do Boston Red Sox.  O time ainda não ganhou e o torcedor lá em Boston já começa a sofrer de pressão alta.  Depois da derrota de hoje contra o Cleveland Indians deve ter um monte de gente se internando lá no Children’s Hospital.  Eu poderia falar pra ter calma, que é apenas o início da temporada e que o beisebol é uma maratona e que tudo vai dar certo, etc., etc.  Mas a verdade é que esse início é preocupante.

Vou deixar bem claro que eu (e metade do mundo) apontei o Boston como favorito ao título.  Essa é a primeira vez na minha vida que quase todos os experts apostam no Boston antes da temporada começar.  Os Red Sox não vencem 100 jogos desde 1946 e muitos acham que esse pode ser o ano das 100 vitórias.  O fato é que o Boston fortaleceu seu lineup com as aquisições de Carl Crawford e Adrian Gonzalez.  O céu é o limite para esse grupo.  O fato também é que a rotação titular não deixa de ser uma incógnita.  Eu estou falando isso há meses.  John Lackey teve um 2010 ridículo, Josh Beckett deve estar com torcicolo de tanto virar o pescoço pra ver basebolas voando pro outro lado do muro, Daisuke Matsuzaka ainda não fez nada com o uniforme dos Red Sox e Clay Bucholz teve sua primeira boa temporada na vida no ano passado.  Jon Lester sempre começa mal, mas é um Ace legitimo.  Ele passa confiança e pode ter certeza que vai se recuperar da surra que levou no Opening Day.   Os Red Sox tão com 4 derrotas e o único arremessador titular que ainda não levou uma surra é o Daisuke, que ainda não arremessou.

O bullpen é outra incógnita.  Eu sei que Daniel Bard teve um excelente ERA em 2010 e possui uma grande bola rápida, mas você realmente sente confiança quando ele entra pra enfrentar Mark Teixeira ou outro grande rebatedor? Eu não.  E o Jonathan Papelbon?  Ele foi muito mal na temporada passada.  Esse ano ele já cedeu 2 corridas em uma entrada.  Ele não assusta mas ninguém e pode ser uma questão de tempo para o Bobby Jenks assumir a posição de closer.  Tim Wakefield é outro jogador que sempre quando entra o torcedor fica com indigestão.  Wakefield ta beirando os 45 anos e quando sua knuckleball não dança, é ele que dança.  É fácil roubar bases contra o veterano e acredito que a hora dele se aposentar já chegou.

O que eu digo é que Boston tem alguns problemas que não são de hoje ou dessa semana.  Os mesmos problemas da temporada passada estão se repetindo.  Isso é preocupante.  O bullpen foi um dos piores da liga e somente Clay Bucholz e Jon Lester foram bem na rotação titular.  Os Red Sox gastaram tanto dinheiro com John Lackey e Josh Beckett e eu ainda estou esperando eles fazerem jus a esse investimento!!

O lineup dos Red Sox vai detonar esse ano.  O começo ruim de Carl Crawford e Kevin Youkilis não faz ninguém perder um minuto de sono porque sabemos que é só uma questão de tempo.  Agora, o grupo de arremessadores vai ter que melhorar e muito.  É ele que vai ditar se o Boston vai alcançar as metas que almeja.

E aí, o que acham? Quem está preocupado?

Autor: Tags:

MLB - Beisebol | 02:33

MLB COMEÇA EM GRANDE ESTILO

Compartilhe: Twitter

Que final de semana mais emocionante na MLB.  Tivemos grandes jogos e até alguns recordes.  Várias equipes surpreenderam e os primeiros jogos da temporada deram o que falar.

QUE SURRA!


Muitos já começaram o ano questionando o Texas Rangers.  Com a saída de Cliff Lee, alguns acham que os Rangers não vão repetir o feito do ano passado quando o time venceu a divisão e foi para a World Series.  Eu sinceramente acho que os jogadores estão só um pouco irritados com esses prognósticos.  Eu vou te falar uma coisa!!  O que os Rangers fizeram com os Red Sox nesse final de semana deveria ser ilegal em alguns estados dos Estados Unidos, meu querido!  Que surra!!!  Os Rangers bateram nada menos do que 11 home runs em 3 jogos e quebraram dois recordes.  Ian Kinsler se tornou o primeiro jogador da história a bater um home run de leadoff nas duas primeiras partidas de uma temporada.  Kinsler terminou a série com 3 home runs, o mesmo número que o companheiro Nelson Cruz.  Essa foi a primeira vez que dois companheiros de equipe bateram 3 HR cada na primeira série de uma temporada.  Os Red Sox são considerados, por muitos, o grande favorito ao título.  Não foi essa a impressão que o time passou.  Muito pelo contrário.  Os arremessadores Jon Lester, Clay Bucholz e John Lackey foram aniquilados.  Hello, surra!

MUITO ENGRAÇADINHO ESSE BALTIMORE ORIOLES


Olha só quem está em primeiro lugar na Divisão Leste da Liga Americana.  É o engracadinho do Baltimore Orioles.  O time contou com performances espetaculares no montinho e detonaram o Tampa Bay Rays em Tampa vencendo as três partidas.  Os Rays anotaram apenas 3 corridas na série inteira.  Baltimore também venceu ontem e vive seu melhor começo desde 1997, 4 vitórias e 0 derrota.  Parece que o negócio está funcionando sob o comando de Buck Showalter.  Desde que o treinador assumiu o time em agosto do ano passado, os O’s têm 38 vitórias e 23 derrotas (melhor campanha da AL East nesse período).  Os Orioles nao tiverem uma temporada com mais vitórias do que derrotas nos últimos 13 anos.  Será que esse é o ano??

PELO MENOS ALGUMA COISA DEU CERTO

Carlos Santana defendendo uma bola.

O Cleveland Indians vai ser um dos piores times da MLB esse ano.  Não tenho dúvida disso.  O time conseguiu perder o jogo de abertura por cinco corridas, contra os White Sox,  depois de anotar 10 das últimas 11 corridas do jogo (é bem dificil vencer quando você começa 14 a 0 no buraco).   Mesmo assim, teve um momento muito legal  do Cleveland nessa série.  No terceiro jogo  (a única vitória do possante e podereso Cleveland) o time fez um “triple-play” (3 eliminções em uma jogada só).  Essa foi a primeira vez desde maio de 2008 que o time conseguiu o feito e a primeira vez desde 1978 que os White Sox sofreram uma queimada tripla.  Pena que apenas 8,726 spectadores estavam presentes no jogo, o menor público da história do Progressive Field.

ESTÁDIO DO CINCINNATI REDS VIRA UMA PLATAFORMA DE LANÇAMENTOS


equipes flexionaram seus músculos no bastão.  11 jogadores bateram um total de 14 home runs na varrida do time da casa.  Os Reds conseguiram a vitoria mais emocionante do final de semana no jogo de abertura.  O time anotou 4 corridas na nona entrada pra vencer por 7 a 6.  Adivinha como foi o desfecho da partida?  Ramon Hernandez bateu um home run de 3 corridas levando o torcedor ao delírio.

ELES ESTAO ACORDADOS

David Ortiz

Mark Teixeira dos Yankees e David Ortiz dos Red Sox estão jogando bem.  Agora sim, estou com medo que o mundo vai acabar.  Esses dois têm tido problemas imensuráveis nas últimas temporadas em abril.  Teixeira teve um aproveitamento de 13% no primeiro mês da temporada passada.  Ortiz tem encontrado problemas nas últimas duas temporadas nesse bendito mês de abril.  Em 2009 ele só bateu seu primeiro home run em maio.  No ano passado Ortiz terminou o mês com um aproveitamento de 14,3%.

Na primeira série contra os Rangers, David foi pro outro lado do muro duas vezes enquanto Teixeira bateu 3 home runs na série inicial versus o Detroit Tigers.  Aleluia!

Mark Teixeira

E pra você, qual foi o momento mais marcante dos primeiros jogos dessa temporada?

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 31 de março de 2011 MLB - Beisebol | 02:50

TIMES QUE PODEM SURPREENDER ESSE ANO NA MLB

Compartilhe: Twitter

Hello, beisebol!  A espera acabou.  Dentro de algumas horas começa a temporada da Major League Baseball.  Não sei se você acompanha a revista ESPN, mas fiz minhas previsões lá.  Na Liga Americana, eu acho que os Red Sox, Yankees (wild card), Rangers e Tigers irão para os playoffs.  Na Liga Nacional, eu fiquei com os Phillies, Rockies, Giants (wild card) e Reds.  Além desses times eu acho que existe a possibilidade da classificação de outros clubes.  Vamos dar uma olhada nos times que eu acho que podem surpreender e chegar aos playoffs nessa temporada.

4. Oakland A’s

Gio Gonzalez

A verdade é que eu adoro as chances dos A’s na divisão oeste.  Eu acho que o clube vai disputar uma vaga nos playoffs até o final da temporada.  Não seria nenhuma surpresa se a equipe chegasse a pós-temporada.  O motivo é simples.  O time tem um grupo sensacional de arremessadores.  O bullpen e a rotação titular são fortíssimos.  Eu sei que o calouro do ano de 2009, Andrew Bailey (fechador do time) vai desfalcar o grupo por algumas semanas.  Mesmo assim acredito no Oakland.  A rotação titular tem a chance de ser a melhor da Liga Americana.  Os quatro principais jogadores desse grupo jogaram muito no ano passado:

1. Trevor Cahill:  venceu 18 jogos no ano passado com um era de 2,97!

2. Dallas Braden: arremessou um jogo perfeito em 2010!

3. Brett Anderson: terminou com um era de 2,80 em 19 partidas.

4. Gio Gonzalez: venceu 15 jogos com um era de 3,23.

O time fez ótimas contratações nessa intertemporada.  No bullpen as aquisições de Grant Balfour e Brian Fuentes (vai começar o ano como fechador) ajudam muito.  Os A’s terminaram o ano com o melhor ERA da Liga Americana em 2010.  O céu é o limite em 2011.

No ataque, Oakland precisava de muita ajuda.  É por isso que o General Manager Billy Beane foi atrás de 3 bons veteranos.  Hideki Matsui (MVP da World Series de 2009), Josh Willingham (16 home runs no ano passado com os Nationals) e David Dejesus (31,8% no bastão no ano passado) devem melhorar um ataque que foi o quarto pior da Liga Americana em 2010.  Olho nos A’s!

3.  Los Angeles Angels of Anaheim

Dan Haren

O nome do time é um dos mais ridículos do esporte, mas o time não é nada bizarro.  Ninguém ta falando nos Angels, e eu acho importante respeitar um time que chegou aos playoffs em 5 das últimas 7 temporadas.  Tudo vai depender da volta de Kendry Morales.  Ele perdeu a maioria da temporada passada depois de se machucar comemorando uma vitória (e por falar em bizarro…).  A notícia boa é que os Angels foram atrás de Vernon Wells (31 home runs no ano passado) e ainda têm Bobby Abreu e Torii Hunter.  O ataque vai ser bom.

Jered Weaver foi líder da MLB em strikeouts, Dan Haren tem sido um dos mais consistentes da MLB nos últimos 5 anos, Ervin Santana ganhou 17 jogos em 2010 e Joel Pinheiro 15 em 2009.  Esses são os 4 melhores jogadores da rotação titular.  Nada mal!  Além deles o bullpen será muito bem servido com a aquisição de Scott Downs e Fernando Rodney fechando.

Vamos respeitar os Angels!

2. Milwaukee Brewers

Yovani Gallardo

Eu não vou nem falar de ataque, pois esse não é o problema dos Brewers.  O quarto melhor ataque da NL em 2010 tem Prince Fielder, Ryan Braun, Rickie Weeks, Corey Hart, etc.  Anotar corridas nunca foi um problema lá na terra dos cervejeiros.  O que realmente pega são a defesa e os arremessadores.  Milwaukee tem um dos piores infields da MLB, mas agora pode ter uma das melhores rotações da liga.  Amei as contratações de Zach Greinke e Shaun Marcum.  Marcum voltou de contusão no ano passado e venceu 13 jogos com os Blue Jays.  Depois de uma sensacional temporada em 2009 (16 vitorias e ERA de 2,16), Greinke venceu 10 jogos no ano passado.  Um detalhe, ele jogava nos Royals.  Difícil vencer em Kansas City.  Esses dois se juntam a Yovani Gallardo (14 vitórias, 7 derrotas no ano passado.  A rotação titular dos Brewers foi a segunda pior da Liga Nacional em 2010.  Se ela ficar entre as 5 melhores da liga esse ano, os Brewers vão pros playoffs.  Escuta o que estou falando, my dears!

1. Atlanta Braves

Dan Uggla

Eu me contorci todo antes de fazer minhas previsões para essa temporada.  Quando eu deixei os Braves fora dos playoffs, algo dentro de mim perguntou se eu estava ficando louco.  Infelizmente, os Braves jogam na mesma divisão dos Phillies e é por isso que eu os deixei fora da pós-temporada.  Mesmo assim, acho que esse time pode vencer o titulo da World Series esse.  Os Braves têm tudo.

Estou curiosíssimo pra ver como Chipper Jones volta depois de sofrer uma contusão grave no joelho e como Jayson Heward se porta depois de ter uma temporada de calouro sensacional (18 home runs).  O otimismo circula os fãs de Jones depois do excepcional Spring Training que o terceira base produziu.  Vamos ver se ele consegue se manter saudável!  Alem desses dois, o quinto melhor ataque da Liga Nacional no ano passado conta com uma nova aquisição, Dan Uggla.  O líder da historia do Florida Marlins em home runs, bateu 33 no ano passado em Miami.  Com ele, o ataque melhora.

Nos arremessos, se prepara para uma bela surpresa.  O nome dele é Brandon Beachey.  O menino de 24 anos teve um Spring Training fabuloso (ERA de 0,96).  A rotação do Atlanta já é fantástica com Derek Lowe (16 vitórias no ano passado), Tim Hudson (ERA de 2,83) e Tommie Hanson (ERA de 3,33).  Se o novato chegar firme, será difícil ganhar do Atlanta.  Eu sei que o Bullpen perdeu Billy Wagner que se aposentou.  Mesmo assim, o trio de Jonny Venters, Peter Moylan e Eric O’Flaherty pode vir a ser o melhor entre todos os bullpens da liga.  Eles têm potencial pra isso!

Os Braves assustam!

O que acham?  Quem vai ganhar esse ano?  Algum desses quatro times tem chance de ganhar o título na sua opinião?

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 25 de março de 2011 MLB - Beisebol | 01:27

ARMA SECRETA DE CADA TIME DA LIGA AMERICANA

Compartilhe: Twitter

Uma semaninha! É só isso que falta para o início da temporada da MLB.  Cada temporada reserva algumas surpresas e esse ano promete a mesma coisa.   De vez em quando jogadores novos surgem do nada e se tornam estrelas.  Às vezes é um veterano, desacreditado, que mostra que ainda tem gasolina no tanque.  Eu escolhi um jogador de cada time que pode fazer a diferença em sua respectiva equipe.  O atleta que pode ser a peça final do quebra-cabeça.

AL EAST

Josh Beckett

New York Yankees – Ivan Nova

Ele mostrou que tem potencial pra ser um bom jogador no ano passado.  Nova começou 7 jogos e não foi mal.  Agora, o menino de 24 anos esta arrebentando no Spring Training.  Em 14 entradas ele cedeu apenas 2 corridas.  Os Yankees precisam de um bom arremessador na rotação titular além de CC Sabathia.  Se Nova se tornar esse atleta, os Yankees terão grandes possibilidades de vencer a divisão pelo terceiro ano seguido.

Boston Red Sox – Josh Beckett

Eu estou muito preocupado com Josh Beckett.  4 anos atrás, ele era considerado um dos melhores arremessadores da liga e foi uma peça crucial do time do Boston que venceu a World Series.  Sem Beckett, Boston nem teria conseguido a classificação.  Infelizmente, a produção dele tem diminuído muito nos últimos anos.  Beckett cedeu 45 home runs nos últimos dois anos e em 2010 batalhou as contusões.  Ele não vem arremessando bem no Spring Training e vai começar o ano como o quarto arremessador da rotação titular.  Os Red Sox têm um grande ataque mas vão precisar de Beckett pra erguer mais um troféu.  Vamos ver se ele dá conta do recado.

Toronto Blue Jays – Jesse Litsch

Litsch perdeu boa parte da temporada passada e passou por uma cirurgia em Agosto.  A boa notícia é que ele está tendo um ótimo Spring Training.  A rotação titular dos Blue Jays tem dado um baita azar nas últimas temporadas.  Roy Halladay e AJ Burnett foram embora pra ganhar mais dinheiro e Shaun Marcum se machucou e agora joga nos Brewers.  Os Blue Jays precisam que alguém (que não está cotado pra fazer grandes coisas) supere as expectativas.  Litsch está pronto pra mostrar que ele pode ser esse cara.

Baltimore Orioles – Matt Wieters

Eu sei que em duas temporadas na MLB o catcher dos Orioles não fez muita coisa.  Mesmo assim, ainda acredito no talento de Matt Wieters.  O garoto de 24 anos era considerado um candidato a ser uma das novas estrelas do beisebol.  Infelizmente, ele decepcionou no ano passado, batendo apenas 11 home runs.  Os Orioles fizeram varias aquisições importantes nessa intertemporada (Vlad Guerrero, Derek Lee, Mark Reynolds e JJ Hardy) e eu sinceramente acho que esses veteranos vão tirar a pressão de cima do jovem Wieters.  Eu acho que ele tem tudo pra deslanchar.

Tampa Bay Rays – Manny Ramirez

Exatamente! Manny Ramirez.  O veterano está matando basebolas nessa pré-temporada e parece estar mais dedicado do que nunca depois de assinar um contrato de apenas um milhão de dólares com o Tampa Bay Rays.  Após duas temporadas ruins, Ramirez parece um homem  numa missão: provar que ainda é um dos melhores rebatedores da MLB.  Ele nunca rebate bem no Spring Training e geralmente hiberna durante os dois primeiros meses da temporada.  Esse Spring, ele está com 3 home runs e um aproveitamento de 35%.  Parece que o urso está acordado, my friends.  Isso pode ser uma notícia ruim para o resto da Liga Americana.  Os Rays agradecem.  Tampa vai precisar de Ramirez, especialmente com as saídas de Carl Crawford e Carlos Pena.  Se Ramirez bater 35 home runs e impulsionar 100 corridas, os Rays podem incomodar na AL East.

AL CENTRAL

Gordon Beckham

Detroit Tigers – Max Scherzer

Eu sei que Scherzer não está tendo o melhor Spring Training do mundo (5,40 ERA) mas ele mostrou que merece estar na MLB com um bom desempenho no ano passado (12 vitórias).  Os Tigers estão depositando muita confiança nesse garoto e precisam de um bom arremessador alem de Justin Verlander e Rick Porcello na rotação titular.  O ataque e bullpen já são bons.  Se Scherzer desempenhar e formar um trio sólido com Porcello e Verlander, os Tigers terão tudo pra voltar aos playoffs pela primeira vez desde 2006.

Chicago White Sox – Gordon Beckham

Esse pode estar pronto pra explodir. Hello, bomba relógio!  O terceiro anista de 24 anos, tem tudo pra produzir uma temporada de 20 HR, 90 RBI e aproveitamento de 30%.  Dois anos atrás ele bateu 14 HR e foi um dos melhores calouros da temporada.  2010 não foi bom (9HR, 25%) mas eu acho que ele volta com tudo nessa temporada.   Com 3 HR e 35% no Spring Training o jovem já mostra que está pronto pra deixar o ataque dos White Sox mais dinâmico.

Minnesota Twins – Joe Nathan

Joe Nathan sempre foi um dos melhores fechadores da Liga desde que chegou aos Twins em 2004.  Agora ele é uma incógnita.  Depois de passar por uma cirurgia e perder a temporada inteira de 2010, ninguém sabe se veremos o velho Nathan no montinho.  Os Twins perderam várias peças importantes do bullpen.  O time precisa de Nathan mais do que nunca em 2011.  Infelizmente, ele não vem bem no Spring Training (9 corridas cedidas em 7,1 entradas).  Um bom Nathan pode ser a diferença entre uma vaga nos playoffs e uma equipe medíocre.

Kansas City Royals – Alex Gordon

Os Royals não vão a lugar nenhum nessa temporada.  (Eu acho que o roster inteiro teria que ter a temporada dos sonhos pra Kansas City chegar aos playoffs.)  Eu só estou curioso pra ver se Alex Gordon finalmente vai se tornar o jogador que todos sabem que ele pode ser.  O atleta de 27 anos está começando sua quinta temporada e ainda deve muito aos torcedores dos Royals.  Nesse Spring Training ele parece estar muito focado (4 HR, 34%).  Gordon disse que está se sentindo muito bem no bastão e mudou algumas coisitas em seu “swing”.  Só quero ver.

Cleveland Indians – Grady Sizemore

O torcedor dos Indians pode se preparar para mais uma temporada infernal. Hello, hell!  O roster não está nada guapo.  Muy feio para falar a verdade.  Lembra quando Grady Sizemore era um dos melhores jogadores da liga? Faz tempo, né?  Bom, ele ainda está se recuperando de uma cirurgia de microfratura no joelho, realizada em junho do ano passado.  Ele está começando a jogar no  Spring Training mas vai iniciar o ano na lista dos contundidos (ele espera voltar ainda em abril).  Grady bateu 33 HR e roubou 38 bases em 2008.  O torcedor espera que ele volte a esse nível em 2011.

AL WEST

David DeJesus

Anaheim Angels – Dan Haren

A última vez que Dan Haren arremessou uma temporada completa na Liga Americana, ele terminou com o terceiro melhor ERA (3,07) da AL.  O ano passado foi complicado para o atleta, que começou a temporada em Arizona antes de ser trocado para os Angels.  Haren tem sido um dos arremessadores mais consistentes da MLB nos últimos 5 anos.  Eu sinceramente acho que ele e Jeff Weaver têm a capacidade de formar a melhor dupla de arremessadores da Liga Americana.  Se isso acontecer, os Angels vão pros playoffs.

Texas Rangers – Derek Holland

Os Rangers perderam Cliff Lee e precisam de um canhoto que possa substituí-lo. (Percebe-se que eu não falei “substituí-lo a altura” pois isso seria quase impossível).  Holland vai ter que jogar bem e mostrar mais consistência esse ano.  Ele foi  importante nos playoffs e tudo indica que o nervosismo não vai ser um fator durante a próxima temporada.  O menino de 24 anos vem bem no Spring Training (ERA de 3,21) e possui bom talento.  Eu acho que esse pode ser o ano dele.

Oakland A’s – David DeJesus

Olho no Oakland A’s esse ano!  O grupo de arremessadores é excepcional e o time contratou alguns bons rebatedores, incluindo David DeJesus.  Os A’s tiveram o quarto pior ataque e apenas um time da Liga Americana (Seattle) bateu menos home runs no ano passado.  Oakland precisa de mais potência no bastão pra complementar um excelente grupo de arremessadores (melhor ERA da Liga Americana em 2010).  David DeJesus pode ser a resposta.  O  jogador estava vivendo sua melhor fase como profissional no ano passado antes de se machucar e perder os dois últimos meses da temporada.   45 rebatidas duplas e um aproveitamento de 32% não estão fora de cogitação esse ano.  Estou curiosíssimo pra ver o que ele faz em 2011.

Seattle Mariners – Justin Smoak

Esse time tem mais buracos do que um queijo suíço.  Coitados de Ichiro Suzuki e Felix Hernandez (Cy Young do ano passado) que estão presos em Seattle.  O time precisa de muita coisa, especialmente alguém que consiga bater a basebola nas arquibancadas.  Os Mariners bateram 101 home runs no ano passado (apenas 156 a menos que Toronto Blue Jays), pior marca da liga.  Justin Smoak, adquirido na troca que mandou Cliff Lee para Texas, pode ser a resposta.  O segundo anista de 24 anos (parece que todo mundo nessa lista tem 24 anos), bateu 13 home runs em apenas 100 jogos no ano passado.  Vamos ver se ele consegue alavancar esse número pra 25.  Uma coisa é certa, será mais uma temporada complicadíssima para os Mariners.

O que acham??  Quem vai deslanchar em 2011??

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 21 de março de 2011 MLB - Beisebol | 20:37

RED SOX E PHILLIES: UMA PRÉVIA DA WORLD SERIES?

Compartilhe: Twitter

David Ortiz do Red Sox e Ryan Howard dos Phillies, se abraçam antes do jogo.

Eu sei que estamos apenas em março e o Spring Training não vale muita coisa.  Os jogadores estão apenas se preparando para a temporada regular e vencer ou perder nessa época do ano é basicamente insignificante.   O jogo de hoje entre Philadelphia Phillies e Boston Red Sox não foi o que podemos classificar de uma partida “pra lá de emocionante” e é muito cedo pra falar que eles são os favoritos ao titulo.  Mesmo assim, não tem como acreditar que os dois times não serão candidatos fortíssimos ao troféu de 2011.  É engraçado, e eu sei que é precoce, mas quando eu penso na possibilidade de termos Phillies e Red Sox na World Series eu me recordo de uma Série Mundial muito especial, a de 1995.

A rotação de arremessadores do Philadelphia pode vir a ser a melhor de todos os tempos.  Com a contratação de Cliff Lee, vai ser difícil anotar corridas contra esse grupo.  O quarteto de Lee, Roy Halladay, Cole Hamels e Roy Oswalt me lembra exatamente a melhor rotação titular que eu já vi, a dos Braves da década de 90.  Tom Glavine, John Smoltz, Steve Avery e Greg Maddux foram os grandes catalisadores do sucesso do Atlanta  durante aquela época.  Juntos, eles levaram o time ao título de 1995 em cima do poderoso Cleveland Indians por 4 jogos a 2.

Ah, e por falar naquele time dos Indians, os Red Sox me lembram um pouco deles.  O ataque do Cleveland foi um das mais poderosos da história do beisebol naquela temporada.  Kenny Lofton, Manny Ramirez, Albert Belle, Jim Thome fizeram um estrago incrível e quase levaram o time a seu primeiro título desde 1948.  O grupo tinha velocidade, potência e um ótimo aproveitamento no bastão.

Com as aquisições de Carl Crawford e Adrian Gonzalez eu acho que os Red Sox têm tudo pra ter o melhor ataque da Major League Baseball esse ano, com todo respeito ao New York Yankees. Com a volta de Dustin Pedroia, Jacoby Ellsbury e Kevin Youkilis, que perderam boa parte da temporada passada, e um David Ortiz mais confiante do que nunca, os Red Sox devem depositar muitas basebolas nas arquibancadas.  Velocidade, potência e consistência, esse ataque do Boston deve ter tudo que o poderoso Indians tinha em 1995.

O ataque dos Phillies, um dos melhores dos últimos anos, pode piorar e bastante.  Jayson Werth foi embora, e Chase Utley está com problemas de saúde.   Utley não começará o ano no roster principal e possivelmente perderá boa parte da temporada.  Isso seria horrível pro Philadelphia.  Mesmo assim, eu acho que o quarteto mágico vai conseguir segurar a onda.  O San Francisco Giants chegou ao título no ano passado com a força de seus arremessadores.  O ataque, era um dos piores da liga.  Mesmo sem esses dois jogadores o ataque do Philadelphia deve ser melhor que o dos Giants do ano passado.

No ano passado, o grande problema do Boston foi o bullpen (terceiro pior da Liga Americana).  Com as contratações de Bobby Jenks e Dan Wheeler e a evolução de Daniel Bard esse grupo tem tudo pra ser sólido.  A rotação dos Red Sox me preocupa um pouco.  Jon Lester é o camisa 10 da turma e é um dos melhores da liga.  Fora ele, tem pontos de interrogação por todos os lados. Isso é muito parecido com a situação que os Indians de 95 viveram antes do início daquela temporada.  Dennis Martinez e Orel Hershiser já estavam no final de carreira e eram incógnitas.  Eles acabaram sendo os dois melhores arremessadores do time naquele ano.

Além de Lester, os Sox estão contando com Clay Bucholz, John Lackey, Josh Beckett e Daisuke Matsuzaka.  O céu é o limite para esses 4, mas também sabemos que eles não sabem soletrar a palavra “consistência”.  Bucholz finalmente jogou bem no ano passado depois de nunca ter feito nada em sua carreira.  Veremos o Bucholz de 2010 em 2011? Ninguém sabe.  John Lackey recebeu muitaaaa grana pra ser medíocre no ano passado.  Josh Beckett (MVP da ALCS de 2007), com seus 17 milhões de dólares anuais, consegue muitos strikeouts mas também vem cedendo muitos home runs.  Daisuke (MVP do World Baseball Classic de 2006 e 2009), precisa de 120 arremessos pra terminar 4 entradas.  O cara joga muitas bolas fora da zona de strike!  Todos esses arremessadores já tiveram momentos fantásticos na carreira, vamos ver se eles mostram um pouco de consistência em 2011.

Eu sinceramente acho que esses são os dois times mais talentosos da MLB.  Se Philadelphia conseguir superar a saída de Jayson Werth e a ausência de Chase Utley, vai ser muito difícil vencer os Phillies.  Se a rotação titular dos Red Sox funcionar do jeito que é capaz, eu não vejo ninguém na Liga Americana superando o Boston.

O que acham??

Autor: Tags: , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. Última